Receba atualizações no seu Facebook. Basta curtir a nossa página abaixo:

 

Apple, Samsung e outras terão que ativar, por padrão, medidas antirroubo em smartphones

Smartphones com iOS e Android podem ser bloqueados à distância caso sejam roubados; no entanto, este recurso não é ativado por padrão. Isso vai mudar na Califórnia, onde o governador sancionou uma lei que obriga todas as fabricantes – como Apple e Samsung – a venderem smartphones com medidas antirroubo pré-ativadas.

Giz explica: como encontrar seu celular perdido

O governador da Califórnia, Jerry Brown, sancionou a lei nesta segunda-feira. Após 1º de julho de 2015, se uma empresa não cumprir a lei, ela será penalizada em um valor entre US$ 500 e US$ 2.500 por cada smartphone vendido no estado.

A lei foi proposta em fevereiro para reduzir o número de furtos de celular. Só que, em 2012, empresas americanas receberam US$ 30 bilhões substituindo celulares perdidos ou roubados; e em 2013, as operadoras faturaram US$ 7,8 bilhões em seguros para celular. Por isso, seria necessário obrigar empresas a ativar um recurso que já oferecem.

Seria ótimo ver uma proposta semelhante no Brasil. Primeiro, porque estudos mostram que estes recursos antirroubo reduzem o número de furtos e desestimulam a ação de ladrões – pelo menos nos EUA. E segundo, porque não seria algo difícil para as fabricantes.

Afinal, como explicamos antes, o iOS oferece o recurso Buscar Meu iPhone, que permite bloquear um aparelho perdido/roubado e impedir que ele seja usado por outras pessoas. No Android, temos o Gerenciador de Dispositivos, que faz o mesmo. No Windows Phone, o Localizar meu telefone faz algo semelhante – e já é ativado por padrão em todo dispositivo.

Enquanto isso não vira lei por aqui, ative o Buscar Meu iPhone/Gerenciador de Dispositivos seguindo estas instruções. [Governor of California]

Foto: Shutterstock/NOBUHIRO ASADA

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


google images bug (1)

Um bug está inundando Google Imagens com fotos de um acidente de carro na Rússia


nexus 6

Google pode não usar o nome “Nexus 6″ porque ele já existe na ficção científica


spotify windows phone free 2

Spotify enfim oferece streaming gratuito no Windows Phone


project ara motorola (2)

Google faz parceria com Rockchip para avançar seu projeto de smartphone modular


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


diatoms-through-the-microscope

Cosmonautas na estação espacial encontram vida no vácuo do espaço


7 Smart New Inventions

7 novas invenções geniais que deveriam existir há tempos


prato

Designers criaram um tipo de louça que não precisa ser lavada


Ivanpah Solar  (1)

Empresa de energia solar quer compensar a fritura de pássaros com a castração de gatos (atualizado)

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

Oddworld: New ‘n’ Tasty

citação do post de aloprado20

citação do post de JaDom

Joguinho que era bem pedreira. Se manter o nível que já foi tem muito nanico que nem vai jogar por achar difícil demais.

Eu acho que a maioria dos jogos que considerávamos difíceis antigamente, era mais por nossa própria falta de habilidade. Lógico que existiram jogos realmente difíceis, mas se vc pegar um game antigo, que demorava um pouco pra passar determinadas fases, e jogar, não vai ter muita dificuldade. Mesmo pq, vc já vai lembrar de todos os segredos, e como matar todos os mestres mesmo….kkkkkkkk

Sim, tem isso também. Porem a mecânica dos games antigos, colaborava para a dificuldade. Esse remake ai por exemplo, o Abe tem barra de HP!!!!!! EM NENHUM dois dois primeiros games(pelo menos) , Abe tinha uma barra de HP, era tocar em você = MORTE. Hoje os games são feitos já pensando em um publico maior, e com isso a dificuldade é reduzida, é um FATO.

Publicado por: Ghttp://adrenaline.uol.com.br/rss/0/0/tudo.xml - Continue lendo: http://adrenaline.uol.com.br/rss/0/23/reviews.xml

Tags: , ,

Amazon anuncia a compra do Twitch por US$ 970 milhões

Agora é oficial. A Amazon anunciou nesta segunda-feira (25) que chegou a um acordo para comprar o Twitch, popular site de streaming de games.

Segundo os termos do acordo, que foram aprovados pelos acionistas do Twitch, a Amazon vai comprar todas as ações da empresa por cerca de US$ 970 milhões em dinheiro. A aquisição deve ser finalizada até o último trimestre deste ano.

Leia a matéria completa no Kotaku: http://www.kotaku.com.br/amazon-compra-twitch/

  • RELACIONADOS
  • POPULARES


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


protetorsolar

Câmera ultravioleta mostra porque devemos sempre usar protetor solar


diatoms-through-the-microscope

Cosmonautas na estação espacial encontram vida no vácuo do espaço


7 Smart New Inventions

7 novas invenções geniais que deveriam existir há tempos


prato

Designers criaram um tipo de louça que não precisa ser lavada


Os comentários estão fechados.

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

‘A Dark Room’ Developer Releases ‘Gridland’, Not on the App Store but Playable in Mobile Safari

The original creator of A Dark Room [$0.99], the minimalist text-adventure hit, has just released their latest game: Gridland. While it’s not on the App Store yet, you can still play it on your iPhone or iPad right now via Safari. This is a match-3 game that involves making matches to cultivate resources to build buildings by day – and then fighting off creatures at night by making matches to attack, protect, and more, going back and forth until death.

While it’s not available as a native app quite yet, the game works perfectly in Safari – you can swipe between pieces to make matches, this isn’t like the clunky browser-based games you’ve played before. It even saves your game between sessions, and has a game save export code that can be pasted into other versions of the game.

Of course, given the opportunistic nature of many unscrupulous developers, and that the game will be released as open-source (though it isn’t right as of this second), unofficial ports are likely on the way.

GridlandGridland

No word yet on if the creator of the official A Dark Room iOS port, Amirali Rajan, who just released a prequel called The Ensign [$0.99], will be at work on an official App Store port. Hopefully the world decides to hold off on cloning this one.

Publicado por: TouchArcade - Continue lendo: http://toucharcade.com/feed/

Tags:

Por que tanta gente queria comprar o Twitch

Mesmo que você não seja um “gamer”, certamente já ouviu falar no Twitch. É um gigante de streaming ao vivo, o local onde aconteceu aquela loucura envolvendo Pokémon há alguns meses. Fazia sentido que o Google quisesse comprar o serviço, mas quem levou no fim das contas foi a Amazon. Não chega a ser surpreendente – o que é interessante é notar que não havia mais empresas dispostas a jogar bilhões nas mãos do criador do Twitch.

Não é (só) sobre jogos

O Twitch construiu seu reino no mundo do streaming de videogames, e faz isso muito bem. Eis alguns números: segundo o QZ, 15 milhões de pessoas assistiram a World Series 2013, final do campeonato de baseball norte-americano. Mas 32 milhões de pessoas assistiram o campeonato mundial de League of Legends. O Twitch Plays Pokémon – um fenômeno composto em grande parte por telas de menus – teve 80.000 pessoas assistindo. Simultaneamente. Durante dias.

Mas o potencial do Twitch tem a ver com o framework que consegue aguentar tanto peso sem grande problema. Não faltam por aí serviços de streaming ao vivo – Ustream, Justin.tv, o YouTube tentou algumas vezes mas nunca ganhou força, graças a má execução, falta de consistência, de eventos para assistir, ou combinação disso tudo.

O Twitch, por sua vez, encontrou um equilíbrio. Ele não é perfeito – streaming ao vivo nunca é – mas ele funciona em tudo e funciona consistentemente, e sempre há algo para assistir. Essa força ajudou a solidificar seu reinado e ainda contou com o apoio do crescimento do mundo dos e-sports. Enquanto isso, o Twitch abre suas portas para outro tipo de transmissões. O Twitch complementa o Netflix como um serviço para zapear por canais em busca de algo interessante. O futuro do vídeo está no streaming ao vivo, e o Twitch é o streaming ao vivo.

Não é (só) pelos grandes eventos

32 milhões de pessoas assistindo um campeonato de videogame é grande coisa, assim como dezenas de milhares de pessoas jogando ao mesmo tempo um jogo de Game Boy pressionando um botão por vez. Mas o Twitch não é sobre isso. Trata-se de roteiristas de jogos conhecendo seus fãs, ou adolescentes desajeitados assistindo algumas partidas de Starcraft 2 com amigos que ele deixou para trás após mudar de cidade. É uma comunidade.

O Twitch pode não ser exatamente uma rede social clássica, mas tem as mesmas características. E vai muito bem. Tem as pessoas que querem compartilhar o mundo de Minecraft e também Fred Durst, vocalista da banda Limp Bizkit, tentando desesperadamente recuperar um pouco da sua fama. A combinação de comunidade íntima com sem-vergonhice de celebridades faz o Twitter ser ótimo, mas o assunto principal definido do Twitch com toda a sua base de fãs, junto com a capacidade de abrir a porta para outros assuntos, fazem com que ele se destaque.

Uma rede social que funcione não é fácil criar a partir do nada – o Google sabe bem disso – então o fato do Twitch ter janelas de bate-papo em todos os streamings é algo bastante atrativo para qualquer empresa. O truque é encontrar o ponto ideal para adquiri-lo quando ele ainda está começando a crescer, mas não é grande o suficiente para se tornar público. Exatamente o ponto atual em que se encontra o Twitch.

É apenas alguma coisa para todos

O Google desejou o poder de streaming ao vivo do Twitch que o YouTube não conseguiu, e também a comunidade super-engajada que faz o Google+ passar vergonha. Com Twitch e YouTube, o Google seria definitivamente o rei do vídeo na internet, e bem a tempo da chegada da Android TV.

Enquanto isso, não havia nada melhor para a Amazon complementar sua Fire TV com sua capacidade de jogos do que comprar seu próximo serviço que serve para jogos e para ver TV. Isso sem contar o Amazon Prime. Lá fora, o serviço de streaming da Amazon já é comparável ao Netflix, e agora terá tecnologia para streaming ao vivo sendo transmitido para milhões de pessoas. Festivais de música da Amazon podem estar vindo aí.

A Amazon venceu a disputa, mas aposto que Google e Amazon não eram os únicos concorrentes. A Apple tem sua pequena set-top-box que dizem que se tornará mais atraente para jogos. A Microsoft tem um console e investe em streaming de vídeo desde o começo dos tempos. Qualquer empresa com alguns bilhões disponíveis para comprar o Twitch seria louca se não ao menos tentasse. E, no fim das contas, Bezos foi quem saiu vencedor.

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


amazon box robot

Com medo da Amazon, editoras querem impor preço fixo para livros


amazon books

Amazon agora vende livros físicos no Brasil


youtube music key

YouTube deve oferecer serviço que permite ouvir músicas offline por US$ 10 mensais


amazon boneco

Amazon parou de vender cópia física de alguns filmes da Disney


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


protetorsolar

Câmera ultravioleta mostra porque devemos sempre usar protetor solar


diatoms-through-the-microscope

Cosmonautas na estação espacial encontram vida no vácuo do espaço


7 Smart New Inventions

7 novas invenções geniais que deveriam existir há tempos


prato

Designers criaram um tipo de louça que não precisa ser lavada

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,