Receba atualizações no seu Facebook. Basta curtir a nossa página abaixo:

 

De olho no futuro, Lenovo lança dois novos gadgets

Foi em Orlando, cidade-sede da Disney.

  • RELACIONADOS
  • POPULARES


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


O FBI tem dificuldade em contratar hackers que não fumam maconha

O FBI tem dificuldade em contratar hackers que não fumam maconha


O local das provas aquáticas das Olimpíadas do Rio é ainda pior quando visto de cima

O local das provas aquáticas das Olimpíadas do Rio é ainda pior quando visto de cima


Estas garras reais de Wolverine são retráteis e destroem de tudo

Estas garras reais de Wolverine são retráteis e destroem de tudo


NASA está se preparando para se comunicar com alienígenas

NASA está se preparando para se comunicar com alienígenas

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

Este olho hiperespectral nos céus oferece visão raio-x para aviões de polícia

A não ser que seu planeta natal seja Kripton, ver através de objetos sólidos é um grande desafio. No entanto, com esses olhos infravermelhos, militares e empresas de produção de energia poderão detectar perigos escondidos em tempo real.

Sensores hiperespectrais (HSI) coletam dados visuais em uma ampla faixa do espectro eletromagnético e, em seguida, junta tudo para fornecer uma visão mais completa do que você está olhando – incluindo sólidos, gases e objetos obscuros ou ocultos. Um comunicado da Exelis explica:

O sensor e sistema de processamento integrado oferece informações em tempo real sobre a composição de gases e sólidos, o que pode ser crítico na detecção de dispositivos explosivos improvisados ou vazamentos de contêineres e dutos usados em diversas indústrias como petróleo, gás e produtos químicos, entre outros.

No entanto, o problema com a geração atual de sensores HSI é que todos precisam ser resfriados bem abaixo de zero para detectar com precisão emanação de gases e fumos – como aqueles escapando de dispositivos explosivos.

“Fomos capazes de superar requisitos significativos de resfriamento para garantir que o sensor consiga coletar dados utilizáveis”, explica Munda Suchan, diretor de identificação material na Exelis. “Isso possibilita novos usos para os sistemas HSI, como observar áreas restritas a partir de aeronaves. O desenvolvimento do sensor HSI, junto com o processamento analítico em tempo real, soluciona problemas identificados por consumidores e é uma peça-chave no foco estratégico da empresa em inteligência, vigilância, reconhecimento e análise.”

cjb2wmp5tdamtrhlvlur

O novo sistema de sensores não precisa estar estaticamente preso à fuselagem do avião, o que faria com que a aeronave precisasse voar diretamente por cima do que ela está inspecionando. Pode não parecer um problema grande para quem observa oleodutos, mas é para vigiar campos de prisioneiros na Coreia do Norte. Felizmente, o novo sistema da Exelis pode ser montado em um gimbal estabilizado para evitar incidentes diplomáticos.

O novo sistema ainda está passando por testes de confiabilidade, mas deve entrar em serviço em algum momento nos próximos meses. [Exelis via Gizmag]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


AllSee

Nova tecnologia faz seu smartphone reconhecer gestos mesmo se estiver no bolso


original (8)

9 curiosidades espalhadas pela internet que são grandes mentiras


ku-xlarge (4)

Por que o Facebook ofereceu US$ 3 bilhões pelo Snapchat (e recebeu um “não” como resposta)


ku-bigpic (1)

Eis o motivo do acelerômetro do iPhone 5S não funcionar direito


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


O FBI tem dificuldade em contratar hackers que não fumam maconha

O FBI tem dificuldade em contratar hackers que não fumam maconha


O local das provas aquáticas das Olimpíadas do Rio é ainda pior quando visto de cima

O local das provas aquáticas das Olimpíadas do Rio é ainda pior quando visto de cima


Estas garras reais de Wolverine são retráteis e destroem de tudo

Estas garras reais de Wolverine são retráteis e destroem de tudo


NASA está se preparando para se comunicar com alienígenas

NASA está se preparando para se comunicar com alienígenas

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

The TouchArcade Show – 156

486553_larger

486553_largerThis is a bit of a weird episode as with Jared and I both spending part of the week travelling to visit other studios, we didn’t talk about new games that much as we focused on upcoming games we saw at both Gameloft and King. It’s a good time either way, I promise.

Don’t forget to shoot us emails with any questions, feedback, or anything else relevant or irrelevant to podcast@toucharcade.com. We read ‘em all, even if they don’t make it into the podcast. As always, you can listen to us with the links below… And if you like what you hear, please subscribe and/or drop us a review in iTunes. Much appreciated!

 

iTunes Link: The TouchArcade Show
Zune Marketplace: TouchArcade.com Podcasts
RSS Feed: The TouchArcade Show
Direct Link: TouchArcadeShow-156.mp3, 64.4MB

Games

News


This week’s episode of The TouchArcade Show is sponsored by…


Dungeon QuestDungeon Quest


Dungeon Quest, Free
– Sponsoring this week’s podcast is Shiny Box Games, the maker of Dungeon Quest – a truly free-to-play action RPG with addictive gameplay, epic loot, character customization, and fully randomized dungeons. With no pay wall, a thriving community of users, and regular updates by the developers, Dungeon Quest is designed for gamers who want constant challenge and extensive customization and game-play. The challenge map update is out NOW on the App store. Stop by the Dungeon Quest thread in the TouchArcade forum for user strategies and direct developer support.

Publicado por: TouchArcade - Continue lendo: http://toucharcade.com/feed/

Tags:

Como a DARPA quer usar o Oculus Rift para criar campos de batalhas cibernéticos

A Wired publicou um artigo bem completo sobre como a DARPA está adaptando o Oculus Rift para a ciberguerra. Mas isso significa que soldados estão prestes a dar tiros uns nos outros em realidade virtual? Não, claro que não. Mas é um desenvolvimento interessante para um produto técnológico criado para jogos (nos quais você atira frequentemente em outras pessoas).

O que a DARPA está fazendo com essa modificação do Oculus é o que a agência costuma fazer. Eles estão fazendo pesquisas com um produto tecnológio empolgante e com uma tela que tem a chance de mudar a forma como pensamos em interface de usuário. Assim como os novos donos do Oculus, o Facebook, os militares estão vendo como essa tecnologia transformativa pode de fato mudar o mundo. A Marinha dos EUA já está usando o Oculus Rift para treinamento.

Na quarta-feira, o Oculus Rift esteve em demonstração na Demo Day da DARPA. A Interface criada pela DARPA faz parte do Plan X, uma plataforma de software criada para unificar todas as habilidades de ciberguerra dos militares. Este não é um produto finalizado. O gerente de programa do Plan X da DARPA, Frank Pound, disse à Wired que trata-se apenas de uma prova-de-conceito criada por algumas empresas de design (fora da DARPA). Não há um projeto atual para colocar o Oculus Rift na cabeça dos soldados, mas eles pretendem fazer isso em algum momento no futuro.

A descrição da Wired para a demonstração, que usa dois cotnroles Razer Hydra com sensor de movimentos, faz parecer como se a DARPA de fato quisesse colocar uma guerra virtual dentro de um grande jogo. Você encontra várias esferas, e cada uma delas representa uma “missão”. Selecionar qualquer uma delas leva o usuário a uma série de ações, e algumas podem ser para ataques virtuais, ou para se defender de exércitos de hackers. Parece bem futurista.

Ainda vai demorar um tempo até as salas de controle do exército dos EUA serem dominadas por hackers usando Oculus Rift e caçando malwares. Se eles estão transformando essa tecnologia em um tipo de arma? Não sei , mas ao menos estão brincando um pouco com isso.

Não é difícil imaginar que isso possa acontecer. Soldados já usam smartphones no campo de batalha. Na guerra, não é uma ideia ruim usar algo que ajude a vencer. [Wired]

Imagem via iFixit / Vídeo via Wired

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


darpa google glass (1)

Soldados ganham visão de “Exterminador do Futuro” com esta invenção da DARPA


samsungmultahtc

[Rumor] Samsung vai lançar um dispositivo de realidade virtual ainda este ano


oculusrift

O novo truque do Oculus Rift: trazer o lag para a vida real


facebook fb shutterstock

Como o Facebook investe cada vez mais no desenvolvimento de hardware


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


O FBI tem dificuldade em contratar hackers que não fumam maconha

O FBI tem dificuldade em contratar hackers que não fumam maconha


O local das provas aquáticas das Olimpíadas do Rio é ainda pior quando visto de cima

O local das provas aquáticas das Olimpíadas do Rio é ainda pior quando visto de cima


Estas garras reais de Wolverine são retráteis e destroem de tudo

Estas garras reais de Wolverine são retráteis e destroem de tudo


NASA está se preparando para se comunicar com alienígenas

NASA está se preparando para se comunicar com alienígenas

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

Asus Maximus VII Ranger – Boa placa

Com o lançamento dos chipsets Serie 9, as empresas parceiras da Intel trazem ao mercado uma série de novos modelos de placas-mãe e, como não poderia deixar de ser, iremos analisar alguns dos principais modelos do mercado.

Começamos com a Maximus VII Ranger, novo modelo da ASUS para a linha RoG, posicionando-se um pouco abaixo da HERO. Aliás, as placas são muito parecidos visualmente, sendo que a diferença fica apenas no número de portas SATA e do potencial de overclock devido número de controlador de fases. 

No Brasil, a placa chega custando cerca de R$1.200. Em cenário internacional, a placa custa pouco mais de U$200 em seu lançamento.

Tecnologias

O que é M.2 e para que ele serve

Melhor experiência gamer de rede

Intel Ethernet
A Maximus VII Ranger possui a mais recente Intel Ethernet para jogos mais rápidos e fluidos. A LAN da Intel reduz a sobrecarga da CPU e oferece alto rendimento do TCP e UDP.

LANGuard – RJ45 reinventada
A ROG reinventou a porta LAN. Os capacitores melhoram a produtividade, enquanto os componentes ESD Guards protegem a placa-mãe de raios e eletricidade estática.

GameFirst III
A ferramenta exclusiva GameFirst III foi atualizada com mais recursos para ajudar os games. Quando ativada, ela otimiza o tráfego da rede, dando preferência aos pacotes dos jogos, mantendo a latência no mínimo e reduzindo os tempos de ping.

Melhor experiência gamer de áudio

SupremeFX 2014
A tecnologia SupremeFX 2014 minimiza a interferência eletromagnética e os componentes premium oferecem áudio melhor, inclusive, que o das placas de som dedicadas. Ela também normaliza o volume do microfone para uma gravação estável e reduz os ruídos do ambiente.

Sonic Radar II
Sonic Radar II mostra a origem do som em um radar e permite identificar, por exemplo, em um jogo de FPS a origem dos tiros ou dos passos do inimigo.

UEFI BIOS
A interface gráfica UEFI BIOS controlada por mouse foi atualizada para oferecer configuração mais rápida e funções mais práticas, facilitando o overclock.

RAMDisk
O ROG RAMDisk é um software exclusivo de produtos selecionados da linha ROG que permite utilizar toda a capacidade da memória RAM disponível e melhorar o desempenho do sistema e a durabilidade dos drives SSD.

Compatível com OC Panel
Todas as placas ROG Maximus VII (Z97) são compatíveis com OC Panel e Fronte Base, sistemas de monitoramento do sistema em situações como overclock.

Fotos
Como toda placa RoG, a Ranger vem nas cores preto e vermelho, muito bonita e com visual gamer. Como destacamos na introdução, é possível confundi-la com a HERO, já que ambas são muito parecidas visualmente, com mudança no número de portas SATA, além de alguns componentes voltados a overclock, mais avançados na irmã “maior”.

É interessante ver a melhora visual que essa placa teve em se tratando de número de componentes no PCB, por possuir quantidade inferior a gerações passadas, nitidamente está mais “clean”. De acordo com a Asus, isso se deve à evolução da tecnologia de desenvolvimento e dos próprios componentes utilizados.

Destaque para o “slot” para drives M.2, novidade em grande parte das placas-mãe com chipset Serie 9.

Também fizemos um vídeo mostrando alguns detalhes da placa em diferentes ângulos, confiram abaixo:

BIOS
Desde o lançamento dos chipsets Serie 7, as BIOS trazem novo visual, buscando se tornar mais amigáveis acima de tudo, além de trazer pré-configurações e funções automatizadas. As placas da Asus que utilizam chipsets Serie 9 tiveram uma mudança significativa em cima da geração passada, tanto visual como de configuração.

Visualmente ela está mais bonita, com dashboard trazendo informações cruciais do sistema e atalhos rápidos para funções como overclock automático, configuração de memórias e etc.

Falando em overclock automático, funções como essa se tornaram muito fáceis de se utilizar, sem necessidade de muito conhecimento técnico. O sistema pede apenas o modo de overclock para uso de trabalho ou games e qual o sistema de cooler utilizado no sistema. O restante ele faz sozinho. 

Abaixo algumas telas da BIOS da placa.

Publicado por: Ghttp://adrenaline.uol.com.br/rss/0/0/tudo.xml - Continue lendo: http://adrenaline.uol.com.br/rss/0/23/reviews.xml

Tags: , ,