Receba atualizações no seu Facebook. Basta curtir a nossa página abaixo:

 

Mark Zuckerberg funda clube de leitura e esgota primeiro livro indicado

Mark Zuckerberg, apesar de ser dono de uma das maiores e mais influentes empresas do mundo e estar sentado em muita, mas muita grana, é gente como a gente e mantém alguns hábitos comuns a todos mortais. Quer um exemplo? Resoluções, ou promessas. Ele já se comprometeu a aprender mandarim e comer apenas a carne de animais que ele próprio abater. Em 2015, porém, o objetivo é ler um livro a cada duas semanas junto com os usuários do Facebook.

A página A Year of Books concentra os esforços do projeto. Lá, Zuckerberg anunciará os livros e, no post, a discussão correrá com os quase 250 mil (!) usuários que curtiram a página. Pela natureza dos tópicos do Facebook, é tudo meio bagunçado e a discussão, com tanta gente participando, é difícil de acompanhar… Nada disso, porém, tira a nobreza do gesto. A imprensa americana lembrou da Oprah, apresentadora que manteve por muito tempo um clube de leitura similar e que alavancava as vendas e a discussão de qualquer obra que indicava.

O primeiro livro indicado foi O Fim do Poder, do venezuelano Moisés Naím, que segundo Zuck foi escolhido por ser “um livro que explora como o mundo está mudando para dar aos indivíduos mais poder que era tradicionalmente restrito a governos, militares e outras organizações.” Ele complementa: “A tendência de dar mais poder às pessoas é uma em que acredito profundamente e estou ansioso para ler este livro e explorar [esse assunto] em mais detalhes.”

Todos, do autor Naím às editoras que publicam seu livro, foram pegos de surpresa. A Basic Books, que responde pelo livro nos EUA, diz ter vendido em dois dias mais do que as 20 mil cópias comercializadas desde março de 2013. No Brasil, segundo a Folha, o livro esgotou na Saraiva e no Submarino e ascendeu à lista dos mais comprados na Amazon. A Leya, editora que publica O Fim do Poder aqui, informou já ter encomendado uma reimpressão de 10 mil exemplares e que trará, na capa, uma referência ao clube de leitura de Zuckerberg.

Um livro a cada duas semanas é um ritmo bem forte, especialmente se a presença de títulos e não-ficção com temáticas densas como a desse primeiro for uma constante. De qualquer forma, é sempre bom quando alguém com muito dinheiro e muito poder usa da sua influência para inspirar os demais. [Facebook via Folha]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


Facebook agora exibe GIFs

Facebook roda GIFs animados direto no feed de notícias


facebook logo

Facebook testa recurso nos Grupos para você vender produtos mais facilmente


Auto enhance Facebook

Agora o Facebook dará um jeito nas suas fotos ruins automaticamente


Invasao em perfil de Mark por brasileiros

Mark Zuckerberg bloqueia comentários no perfil do Facebook após “invasão” de brasileiros


É possível recarregar o cérebro humano?

É possível estimular o cérebro humano para melhorá-lo?


viajante futuro

Um breve histórico dos cientistas que tentaram caçar viajantes do tempo


programador

Conselhos de um velho programador antissocial e ranzinza


The Fermi Paradox (1)

O Paradoxo de Fermi: onde é que estão as outras Terras?


Pirâmide detonada

A pirâmide mais antiga do Egito está sendo destruída pela empresa contratada para restaurá-la


buraco

Dois novos buracos gigantes são encontrados na Sibéria, e cientistas ainda estão perplexos


tr50tlimvxaydsgqktcq

Rio na China amanhece vermelho misteriosamente


eyjowuaqlmxkow4xokxf

O campo magnético da Terra mantém este globo de mesa que representa Júpiter girando eternamente

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

AMD perde três altos executivos para formar nova equipe e reagir à dominação da Intel

Nos últimos anos, a AMD vem perdendo espaço em desktops, laptops e servidores para a Intel. Ela tentou se diversificar apostando em outros produtos – como consoles e processadores ARM – mas ainda precisa se transformar.

Segundo a Bloomberg, três altos executivos deixaram a AMD, no que a empresa diz ser “parte da implementação de uma equipe otimizada de liderança para impulsionar o crescimento futuro da AMD”.

Um dos executivos é John Byrne, chefe da divisão de computação e gráficos, responsável pelos processadores de PC e placas de vídeo. Além disso, o diretor de estratégia Raj Naik e a diretora de marketing Colette LaForce “deixaram a AMD para buscar novas oportunidades”, diz a empresa.

A AMD mudou de comando em outubro, quando Lisa Su assumiu o cargo de CEO. Na época, ela anunciou a demissão de 7% dos funcionários.

Segundo a IDC, a Intel domina 82% do mercado de desktops, 90% dos laptops e 98% dos servidores. (Os números correspondem ao terceiro trimestre de 2014.) Isso deixa um espaço mínimo para a AMD e outras concorrentes, como a VIA Technologies.

Enquanto isso, a AMD mal tem presença em tablets e smartphones. Na verdade, ela decidiu não entrar no mercado de dispositivos móveis. Em 2009, a empresa vendeu sua unidade de chips gráficos móveis para a Qualcomm, que se transformou na conhecida linha Adreno.

A AMD não é um caso perdido. Ela tem uma divisão bem-sucedida de processadores semicustomizados, que estão presentes nos três maiores consoles da nova geração. O PlayStation 4 e o Xbox One têm processador AMD Jaguar de oito núcleos e chip gráfico com arquitetura Radeon. O Wii U, por sua vez, tem chip gráfico Latte também baseado na Radeon (o processador é da IBM, no entanto).

A empresa ainda faz processadores com arquitetura ARM para uso em servidores de baixa potência; os chips consomem menos energia. Mas, como diz a Reuters, “os avanços têm sido mais lentos do que o exigido por Wall Street”. Desde 2011, o valor das ações da AMD caiu pela metade.

Em outubro, Lisa Su disse que iria reerguer a AMD fazendo “investimentos certos em tecnologia”, o que envolve simplificar a linha de produtos da empresa, e também continuar a ênfase na diversificação.

A CEO diz que a AMD não deixará de fabricar processadores x86 para PCs, mas a empresa está perdendo relevância – e rápido. Torcemos que a nova equipe de executivos consiga reverter isso: um monopólio no mercado de chips não seria bom para nós, consumidores. [Bloomberg, Reuters, PC World]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


Intel Compute Stick

Este dispositivo da Intel coloca Windows ou Linux na sua TV, e é pouco maior que Chromecast


Intel Curie

Módulo Curie, da Intel, promete transformar tudo que você veste em dispositivos inteligentes


Intel Broadwell

Intel Broadwell: novos processadores para laptop consomem ainda menos bateria


Nvidia Tegra X1 (5)

Nvidia Tegra X1: gráficos incríveis para seus jogos portáteis e para carros do futuro


É possível recarregar o cérebro humano?

É possível estimular o cérebro humano para melhorá-lo?


viajante futuro

Um breve histórico dos cientistas que tentaram caçar viajantes do tempo


programador

Conselhos de um velho programador antissocial e ranzinza


The Fermi Paradox (1)

O Paradoxo de Fermi: onde é que estão as outras Terras?


Pirâmide detonada

A pirâmide mais antiga do Egito está sendo destruída pela empresa contratada para restaurá-la


buraco

Dois novos buracos gigantes são encontrados na Sibéria, e cientistas ainda estão perplexos


tr50tlimvxaydsgqktcq

Rio na China amanhece vermelho misteriosamente


eyjowuaqlmxkow4xokxf

O campo magnético da Terra mantém este globo de mesa que representa Júpiter girando eternamente

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

‘Minecraft

It’s no secret that Minecraft – Pocket Edition [$6.99], and all versions of Minecraft for that matter, are monumentally popular, but according to a post from developer Mojang the mobile version has recently crossed an impressive milestone as it’s been downloaded more than 30 million times. And at $6.99 a pop–the game has been released for more than 3 years and has never been on sale-that’s quite a feat in the mobile world where getting users to pay for stuff is a constant struggle. A nifty infographic supplied in Mojang’s blog post tries to put that 30 million number into perspective.

INFOGRAPHICINFOGRAPHIC

In semi-related and interesting news, Mojang recently announced that they’re finally able to track the number of people currently playing the desktop version of Minecraft at any given time, and over the weekend on Saturday the number of concurrent users in the game peaked at 1.4 million. That’s 1.4 million people all doing the same activity at the same time. That’s nuts. Interestingly, no matter how many people are playing the game at any moment the numbers are always split about 50/50 between people playing the game online or playing in single player.

When Minecraft – Pocket Edition originally launched in 2011, it was a faint representation of the PC counterpart. Still fun but incredibly stripped down. Even then it still sold like hotcakes, and while Mojang probably could have just let it be and it would still amass crazy sales numbers to their credit they’ve been working hard over the years to make the Pocket Edition more comparable to the desktop version. It’s going to be fun to see where the mobile version of Minecraft heads in 2015, but one thing I’m sure of is that 30 million number will just continue to keep on growing.

[VentureBeat, Polygon]

Publicado por: TouchArcade - Continue lendo: http://toucharcade.com/feed/

Tags:

Estas são as mais incríveis fotos aéreas de Nova York já tiradas

É sempre emocionante receber uma mensagem de um mestre como Vincent Laforet contando sobre suas novas fotos. Desta vez, ele se superou (mais uma vez!) e eu me vi obrigado a publicar as imagens imediatamente. Nunca na minha vida eu vi Nova Iorque a partir dessa perspectiva e com esta qualidade tão impressionante — é tão perfeito que parece irreal.

A combinação de altitude, equipamento e configurações da câmera tornam estas imagens mais parecidas com uma versão futura do SimCity do que com a realidade. Ou com um desenho isométrico, como o famoso mapa isométrico do centro de Manhattan.

Visite a galeria e descubra como estas imagens impressionantes foram feitas.

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


andromeda destaque

Esta foto da galáxia de Andrômeda mostra claramente 100 milhões de estrelas


saturno

Veja esta imagem impressionante de Saturno visto de cima


Auto enhance Facebook

Agora o Facebook dará um jeito nas suas fotos ruins automaticamente


Joaninha

Insetos parasitas conseguem controlar o cérebro dos hospedeiros e transformá-los em zumbis


É possível recarregar o cérebro humano?

É possível estimular o cérebro humano para melhorá-lo?


viajante futuro

Um breve histórico dos cientistas que tentaram caçar viajantes do tempo


programador

Conselhos de um velho programador antissocial e ranzinza


The Fermi Paradox (1)

O Paradoxo de Fermi: onde é que estão as outras Terras?


Pirâmide detonada

A pirâmide mais antiga do Egito está sendo destruída pela empresa contratada para restaurá-la


buraco

Dois novos buracos gigantes são encontrados na Sibéria, e cientistas ainda estão perplexos


tr50tlimvxaydsgqktcq

Rio na China amanhece vermelho misteriosamente


eyjowuaqlmxkow4xokxf

O campo magnético da Terra mantém este globo de mesa que representa Júpiter girando eternamente


Os comentários estão desativados.

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

Microsoft critica Google por revelar detalhes de bug no Windows 8.1 antes de correção

O Google publicou um bug no Windows 8.1 ainda sem correção — e, claro, a Microsoft não gostou nem um pouco disso. A falha foi descoberta no Project Zero, o projeto de pesquisa em segurança do Google, que tem como política a revelação da falha 90 dias depois do aviso à empresa responsável pelo software. A Microsoft foi avisada em 13 de outubro do ano passado e planejava lançar o patch para consertar a brecha amanhã —a tradicional Patch Tuesday, termo usado pela indústria para se referir ao dia habitual do lançamento de correções e outros updates, geralmente na segunda ou quarta terça-feira do mês.

A Microsoft diz que pediu ao Google para não revelar o bug antes da correção, mas o que prevaleceu foi a política padrão do Project Zero. Num post no blog de segurança da Microsoft, o diretor Chris Betz criticou duramente a atitude, que ele chama de “pegadinha”.

Liberar informações sem contexto ou sem instruções para proteção coloca mais pressão num ambiente técnico já bastante conturbado. É necessário avaliar a potencial vulnerabilidade, projetar e avaliar a ameaça e publicar um “conserto”antes de ser revelada ao público, incluindo aí aqueles que podem usar a brecha para orquestrar um ataque.

Betz defende a chamada Coordinated Vulnerability Disclosure (ou CVD, que quer dizer “publicação coordenada de vulnerabilidades”), uma política em que as empresas conversam para trocar informações e evitam revelar falhas ainda sem correção, para não expor os consumidores a um risco desnecessário.

Por outro lado, Ben Hawkes, pesquisador do Google, defendeu a publicação numa discussão sobre um caso semelhante — o Google revelou outra falha do Windows 8.1 em 31 de dezembro do ano passado, no meio do recesso de fim de ano — na página do projeto

Prazos para divulgação são atualmente a melhor abordagem para a segurança do usuários — eles permitem que os desenvolvedores tenham um intervalo de tempo justo e razoável para por em prática seus processos de gestão de vulnerabilidades, ao mesmo tempo que respeitam o direito dos usuários de saber e compreender os riscos que estão correndo.

É uma briga entre duas gigantes e uma discussão complicada. Por enquanto, o que temos de concreto é uma falha ainda (até amanhã, pelo menos) sem conserto — e provavelmente ela não será a última a vir a público dessa forma. [TheNextWeb, ZDNet, PCWorld]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


Google Personal Search

Google paga US$ 15 por cada indicação bem sucedida do Google Apps


Google Tradutor traduz sua voz

Google deve oferecer tradução automática de voz para disputar com Skype Translator


Kitkat

Android 4.4 KitKat chega a 40% dos dispositivos; Lollipop roda em menos de 0,1%


android 5 lollipop

Os smartphones e tablets que vão receber atualização oficial para o Android 5.0 Lollipop


É possível recarregar o cérebro humano?

É possível estimular o cérebro humano para melhorá-lo?


viajante futuro

Um breve histórico dos cientistas que tentaram caçar viajantes do tempo


programador

Conselhos de um velho programador antissocial e ranzinza


The Fermi Paradox (1)

O Paradoxo de Fermi: onde é que estão as outras Terras?


Pirâmide detonada

A pirâmide mais antiga do Egito está sendo destruída pela empresa contratada para restaurá-la


buraco

Dois novos buracos gigantes são encontrados na Sibéria, e cientistas ainda estão perplexos


tr50tlimvxaydsgqktcq

Rio na China amanhece vermelho misteriosamente


eyjowuaqlmxkow4xokxf

O campo magnético da Terra mantém este globo de mesa que representa Júpiter girando eternamente

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,