Receba atualizações no seu Facebook. Basta curtir a nossa página abaixo:

 

Mailbox chega ao desktop com lançamento da versão beta para Mac

O Mailbox, excelente app de email que pertence ao Dropbox, vai ganhar uma versão para Mac com sincronização total com os apps para iOS e Android.

O anúncio da versão para desktop foi feito em abril, junto com o lançamento do app para Android. Hoje, o pessoal do Mailbox anunciou a abertura do beta público – você pode pedir um convite por aqui. Mas inicialmente apenas uma versão para Mac está sendo desenvolvida, e não há informações sobre planos de levar o app para outras plataformas.

Para lembrar: o app ganhou bastante destaque ao ser lançado no ano passado por simplificar a experiência de ler e responder emails, com uma interface totalmente baseada em gestos e com o objetivo de “zerar a caixa de entrada”. Pouco após o lançamento para iPhone, o Mailbox foi comprado pelo Dropbox, e, nos meses seguintes, ganhou versão para iPad e Android. Agora ele se prepara para ir além do mundo dos dispositivos móveis.

Com a versão de desktop, o Mailbox ganhou alguns novos recursos. Desktop e mobile são mundos completamente diferentes, então não é só adaptar o app de iOS para Mac que tudo fica bom. A equipe do Mailbox precisou repensar alguns conceitos para criar o que eles esperam que seja a melhor experiência de email em desktop.

O Mailbox para Mac tem controles por gestos feitos no mouse ou trackpad, além de atalhos de teclado para facilitar o uso no desktop. As principais características do app ainda estão presentes, e os usuários conseguem facilmente arquivar, salvar emails para mais tarde e responder aqueles mais urgentes. E agora também é possível criar rascunhos que são sincronizados entre os diversos dispositivos diferentes vinculados à conta do Dropbox e ao Mailbox.

Também é possível escolher o melhor momento e app para ler e responder determinados emails. Está na rua e recebeu uma mensagem importante que merece sua atenção e dedicação, algo possível apenas no desktop? Use a função “enviar para desktop” e, assim que estiver no Mailbox para Mac, o email ressurgirá para você. Também dá para fazer o contrário e dar atenção para um email apenas na versão mobile.

Ainda não há previsão para o lançamento final do Mailbox para Mac, e por enquanto ele está disponível apenas em sua versão beta – você pode pedir um convite aqui. [Mailbox via TechCrunch]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


android melhores apps

Os melhores apps da semana para Android


melhores apps iphone ipad ios7

Os melhores apps da semana para iPad e iPhone


nztulohep9vddhgjvlnk

Ficou mais fácil cancelar assinaturas e listas de emails no Gmail


privacidade

Sua família deve ter acesso à sua vida digital após a sua morte?


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


cortar carne bife

A ciência diz: é melhor cozinhar um bife congelado do que descongelado


protetorsolar

Câmera ultravioleta mostra porque devemos sempre usar protetor solar


5829948023_87b0c9feb0_o

Um tipo de carrapato está causando alergia à carne vermelha em várias pessoas


laranjas

Computador enfim confirma resposta para um problema matemático de 400 anos atrás

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

‘The Simpsons: Tapped Out’ Doing the ‘Clash of Clans’ Thing in Latest Update

It’s an unholy meeting of free to play titans as the latest update to EA’s The Simpsons: Tapped Out [Free] adds a very Clash of Clans-y new multiplayer feature to the game. You’re now able to build up an army of troops and raid your neighbors’ cities, but you’ll also have to keep your own guard up as they can do the same to you. As always, The Simpsons: Tapped Out isn’t shy in making fun of itself, as the tagline for this latest update is “Build! Raid! Defend! Tap!” Yes! Tapping rules!

In all honesty, adding some PvP to The Simpsons: Tapped Out makes total sense. I mean, you’re already doing the whole building up bases part by building out your little Springfield, and updating an existing game that already has a massive userbase makes a lot more sense than creating an entirely new Clash of Clans-ish game. And, Clash of Clans-ish games are so hot right now with Call of Duty and Tiny Troopers both getting in on the action, among others. So if you’re a dedicated Tapped Out player, grab the latest update and get busy building, raiding, defending, and tapping.

Publicado por: TouchArcade - Continue lendo: http://toucharcade.com/feed/

Tags:

O cadeado Bluetooth do futuro que protegerá suas coisas onde quer que você esteja

Um cadeado futurista não tem chave nem uma senha para ser desbloqueado. É o Noke, uma brincadeira com as palavras “no key” (sem chave, em inglês), que usa conectividade Bluetooth para ser destravado.

O futuro em que não precisaremos mais andar com chaves nos bolsos pode estar mais perto do que imaginamos. O Noke é o começo disso. Ele detecta quando seu smartphone está próximo e ativa o mecanismo de desbloqueamento, deixando o caminho livre para você passar.

Ainda é possível configurar diferentes chaves virtuais para diferentes cadeados. Dentro do app do Noke, você consegue destravar, digamos, um cadeado no portão da garagem, ou o que protege a sua bicicleta. Ao se aproximar de um Noke, pressione a parte de cima do cadeado para acordá-lo. Ele, então buscará o smartphone com o qual está pareado, e, ao encontrar, se desbloqueará.

E se você perder o smartphone, ou a bateria dele acabar? É possível definir um padrão de apertadas e pressionadas na parte superior para casos de emergência, como mostra o GIF abaixo:

02d6e4c0dbae7358e82d1a9235f62347_large

O Noke funciona com dispositivos Bluetooth 4.0, e a promessa é de uma bateria que dure até um ano. Quando ela estiver se aproximando do fim, o app avisará o usuário – aí é só abrir o cadeado e substituí-la.

O problema é que o Noke ainda não existe. Por enquanto, ele faz parte de uma campanha no Kickstarter que tinha como objetivo levantar US$ 100.000. Mas, restando 28 dias para seu fim, os criadores já conseguiram mais de US$ 170.000. Ótima notícia – significa que, de fato, o cadeado do futuro chegará ao mundo. [Kickstarter via TechCrunch]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


Master Lock dialSpeed

Abrir este cadeado eletrônico protegido por senha é como jogar videogame


masterlock-robot

Universitários criam robô que sabe abrir cadeado de cofre


Coloque um cadeado no iPad e vá ao banheiro sem medo


Dá mesmo para abrir um cadeado atirando nele?


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


cortar carne bife

A ciência diz: é melhor cozinhar um bife congelado do que descongelado


protetorsolar

Câmera ultravioleta mostra porque devemos sempre usar protetor solar


5829948023_87b0c9feb0_o

Um tipo de carrapato está causando alergia à carne vermelha em várias pessoas


laranjas

Computador enfim confirma resposta para um problema matemático de 400 anos atrás

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

MSI GE60 2PL Apache

O GE60 2PL Apache é um notebook equipado com a nova geração de chips da Nvidia, a série 800M. Com 15.6″ de tela, ele traz um novo design em relação a outros modelos da MSI e uma série de componentes voltados aos gamers.

Comparativos

Intel Core i5 4200MQ
Intel Core i5
4200M
Intel Core i5
4710HQ

Nvidia GTX 850M
Nvidia GTX 850M
Nvidia GTX 850M/860M

8GB
4GB
8GB

2GB GDDR5

2GB GDDR5
2GB GDDR5

15.6” FullHD (1920×1080) Antirreflexiva
15.6” FullHD (1920×1080)
15.6” FullHD (1920×1080) 

38,3 x 24,9 x 3,6 cm
37.3 x 25,1 x 3.14 cm
38.3 x 25,5 x 2,77 cm

2.55 Kg
2.5 Kg
2.5 Kg

2x 128GB SSD
750GB HDD

1TB HD
750GB/ 1TB HD

6 células Li-Ion
4400 mAh

6 células Smart Li-Ion
59 WHr

R$ 5.999,00

R$ 3.660,00

R$ 3.999,00 *

* Preço e especificções estimados, o Asus G550JK tem lançamento previsto para o começo do quarto trimestre

Design e tela

O GE60 Apache é outro modelo que, na minha opinião, a MSI acertou a mão. A empresa evolui bastante seus designs nos produtos mais recentes, especialmente no GS70 Stealth, e este notebook não é exceção. Com acabamento em aço escovado, detalhes em vermelho e uma tela bastante fina, este aparelho tem um visual bastante atraente.

Nas medidas, ele também não faz feio. Mesmo com seus componentes para games, ele não é espesso nem pesado, com apenas 2.5kg e 3.4cm de altura. Com tela de 15.6″, não é difícil colocá-lo na mochila e carregá-lo para outro lugar. Seu perfil fica próximo ao que vemos em notebooks intermediários, um tamanho ótimo considerando a performance do modelo.

MSI GE60 2PL Apache

 

O teclado do tipo chiclete traz o selo StellSeries, e é bastante eficiente. Ele traz modificações interessantes como a retirada da tecla Windows do lado esquerdo, boa pedida para evitar toques acidentais, e é retroiluminado. A iluminação, por sinal, é bastante customizável: você pode definir diferentes cores para três áreas, e também efeitos diferenciados como trocar as cores constantemente ou esmaecer, em um efeito que dá o efeito que dá a impressão que o teclado está “respirando”.

Os acabamentos neste modelo são de ótima qualidade, e os materiais são bastante interessantes. O apoio para pulsos em metal escovado é bem confortável por conta do ângulo dos cantos, que são levemente arredondados, e a tela não tem bordas excessivamente largas, o que dá um bom visual ao conjunto. 

Falando em tela, o Apache traz a já tradicional tela antirreflexo que a MSI vem empregando em seus notebooks gamers, nos últimos anos, tecnologia que mostra seu valor em locais muito iluminados, reduzindo bastante os reflexos na tela. As cores tem ótima saturação e os contrastes são bastante evidentes, o que torna muito confortável jogar neste display, que possui resolução FullHD.  Gamers ainda podem preferir ligar em uma tela maior, quando possível, mas este display de 15.6″ não trará nenhum incômodo na hora de jogar. 

O touchpad, para os momentos que você não estiver jogando e usando o mouse, é amplo e com uma ótima resposta. Ele está bem inserido no corpo do notebook, com apenas um leve desnível nas laterais em relação ao restante da carcaça, formato que julgo o mais confortável para este componente, principalmente para realizar os gestos do Windows 8 e seu deslizar das laterais. Os botões são integrados ao touchpad, algo que aumenta a área útil em que você pode operá-lo. 

Aquecimento e autonomia

Um problema de notebooks gamers é que, com componentes de alta performance, eles não se saem muito bem na hora de maneirar no consumo de energia. O Apache não escapa desta regra: ele foi capaz de ficar ativo por 3h05min em atividades leves, com brilho mínimo de tela e no modo mais econômico. Não é algo ruim para a média de notebooks gamers, mas fica anos-luz atrás de ultrafinos e outros notebooks mais econômicos, capazes de ficar até 8 horas sem ver a tomada.

filtros

Padrão modo Office – Bateria

Rodapé

Enquanto a Nvidia alardeou bastante a maior eficiência no consumo de seu chip Maxwell, a verdade é que, para este teste, o chip GTX 850M nem dá as caras. Como rodamos apenas atividades leves, neste benchmark, a GPU GeForce nem é ativa e os gráficos ficam por conta do mais econômico Intel HD Graphics. Poderíamos testar autonomia em games com novo chip, mas em reviews prefiro ser realista e testar o que realmente importa, e a verdade é que gamers de notebooks já sabem que devem jogar conectados à tomada. Mesmo com o aumento de 50% na duração de bateria prometidos, o boost da bateria feito pela Nvidia traz suas penalidades, como redução de qualidade gráfica, redução de frames por segundo e outros empecilhos que acabam sendo maiores do que ir buscar a fonte do aparelho e ligar na energia.

filtros

Padrão modo Office – Bateria

Rodapé

 

Se na autonomia a maior eficiência do chip não impressiona, em outra face da mesma moeda temos um avanço e tanto: o aquecimento da GTX 850M. Mesmo rodando games em alta performance, e considerando que o formato deste notebook não comporta um sistema de resfriamento de grande porte, o aparelho não aquece em excesso e nem temos uma ventoinha trabalhando “alucinadamente”. Mesmo em 100%, as fans não são muito barulhentas, e as temperaturas ficam sob controle.

Performance

Um aspecto muito importante deste modelo, e que o coloca bem acima de muitos concorrentes, é a presença de um SSD, algo que traz um impacto considerável na performance do sistema em praticamente todas as situações.

filtros

Padrão modo HOME – Benchmark

Rodapé

A vantagem do SSD é evidente na parte de performance do armazenamento dos dados e também no uso geral do sistema, com os testes do PCMark 8, onde é rodado uma série de atividades cotidianas como abrir arquivos e rodar vídeos. Apesar de não ser páreo para a dupla de SSDs em RAID 0 presentes no benchmark, o SSD “solitário” do Apache bate todos os outros dispositivos de mesma tecnologia, e abre uma larga vantagem (300%) na disputa com o HD mais rápido, o MSI GE70 0ND. Haverão modelos do GE60 no país com dois SSDs, e nestes casos a performance deve ficar perto do que vemos em outros modelos da empresa, como o GT70.

Com o chip da nova arquitetura Maxwell, o GTX 850M, o MSI GE60 se sai muito bem na hora de encarar games. Mesmo se tratando do chip de entrada da linha gamer da Nvidia, ele rodou Bioshock Infinite “no talo” em FullHD, com ótima média de frames. 

 

filtros

Ultra + DDOF, AF 16x, 1920×1080

Rodapé

filtros

High, AA FXAA AF 8x Aniso, 1920×1080

Rodapé

Com o reboot da série Tomb Raider, porém, foi preciso ser “um pouco mais humilde”. O ideal é rodar o game em FullHD e qualidade HIGH, algo que apesar de não ser o limite disponível, resulta em um jogo com muita qualidade visual. Colocar as configurações gráficas no limite colocam a média da taxa de quadros para apenas 27 por segundo, abaixo do limite de 30fps aceitáveis e bem longe dos ideais 60fps.

Este notebook é excelente em games, rodando praticamente todas as franquias na configuração máxima ou próximo da máxima e em FullHD, algo bem impressionante para um chip gráfico gamer de entrada de notebook. Crysis 2, por exemplo, rodou com 61 quadros por segundo na média, com quedas de frames na casa dos 20fps em momentos específicos. Tudo em FullHD e com gráficos no ULTRA.

Recursos Adicionais

A MSI equipou este modelo com uma série de componentes diferenciados, focando em games. O primeiro é o teclado retroiluminado StellSeries. Além de trazer um formato de teclas otimizado para jogos, deslocamento de algumas teclas como a Winkey, ele traz e um software que possibilita ajustes e customização do sistema de luzes do teclado, desde o padrão de cores até a forma como elas piscam (para quem quer um teclado nem um pouco discreto) e também a configuração de macros.

 Outro recurso bem interessante disponível no GE60 Apache são as duas conexões de vídeo, uma HDMI e uma VGA, que possibilitam até três monitores em resolução FullHD (contando o presente no próprio notebook.

Apesar de ser possível todas estas telas, melhor ir com calma antes de imaginar um game em todos estes monitores. O Nvidia Surround não está disponível no painel de controles da Nvidia, neste modelo, por limitação de hardware. Mesmo que fosse possível ativá-lo, três monitores em FullHD é uma quantidade de pixels “a serem renderizados” muito alta para este chip gráfico, que não conseguiria rodar em qualidade gráfica, ou com média de quadros por segundo, satisfatória.

Outros dois recursos importantes são o Dynaudio: equalizador de aúdio que, combinado com as caixas de som deste modelo, entregam uma boa qualidade de som para quem for assistir vídeos. Na hora dos games, ainda não há nada que supere um bom fone de ouvido, e nesta situação o Dynaudio volta a ser interessante, por otimizar o funcionamento de headsets, prometendo até 30% mais clareza no som (não me perguntem como mediram isto). O outro adicional é a conexão KillerE2200 Game Networking, tecnologia que otimiza a velocidade dos tráfegos de dados na rede para garantir que aplicativos prioritários (como games e streaming de vídeos) tenham as latências e velocidades necessárias para funcionar bem. Esta tecnologia não fará milagre em conexões lentas e problemáticas, mas ajuda ao evitar que um download de um e-mail em segundo plano fique tirando desempenho de sua partida online.

Conclusão

O MSI GE60 Apache está entre os notebooks mais interessantes que já testei. Ele encara games no limite de qualidade gráfica – ou ao menos “quase lá” – em resolução FullHD, sem aquecer demais e nem fazer um ruído monstruoso com as fans. 

Esta performance é excelente principalmente se considerarmos o porte: estávamos acostumados a este nível de desempenho apenas em notebooks enormes como o Avell G1743, com mais de três quilos e medidas nada discretas. O GE Apache consegue rodar os jogos bem próximo do limite gráfico disponível e não compromete a portabilidade de forma excessiva. A nova geração da Nvidia, a GTX série 800 com a nova arquitetura Maxwell tem se saído muito bem em nossos benchmarks, rodando games em alta resolução e qualidade e conseguindo manter uma boa média de quadros.

No preço, o Apache traz uma conta mais salgada que concorrentes com chips similares como o Avell GB1511 MAX, mas traz a vantagem de seu acabamento de melhor qualidade e uma série de componentes voltados a games e toda a diferença que um SSD traz para a performance geral do sistema, elementos que compensam se você pode fazer este investimento a mais. É bom lembrar que os modelos da Avell não incluem no modelo básico o sistema operacional, o que deve enxuga um pouco o preço mínimo, e se somarmos o SO mais o SSD para “equilibrar” o jogo em especificações, o modelo sobe para R$ 4.500 (ou R$ 4.000 no boleto). Com este “nivelamento”, os 500 reais a mais podem ser uma boa pedida pelas tecnologias adicionais do GE60 Apache e seu design superior. 

O modelo da Asus, o G550JK prometido para o final do ano também fica na vantagem na hora da “dolorosa”, mas vamos precisar esperar pelo seu lançamento para fazer um comparativo justo. Se sair dentro das especificações prometidas pela Asus Brasil, será um concorrente e tanto no segmento.

Hoje, o único modelo capaz de bater o Apache na relação “performance vs portabilidade” é o MSI GS70 Stealth. Apesar de ser bem mais leve e fino, tudo com uma tela maior, o Stealth traz um inconveniente e tanto: seu preço impeditivo na casa dos R$ 10 mil. Se você quer um notebook com capacidade de rodar games em alta qualidade, em um modelo de porte intermediário, e não se incomoda com o investimento adicional para levar um design superior, um SSD e uma série de componentes adicionais, este modelo é a melhor opção para você.

Prós

  • Ótima performance
  • Compacto e leve para um produto gamer
  • Tela antirreflexiva de ótima qualidade
  • Visual atraente e bons acabamentos
  • Dois SSD em RAID 0
  • Teclado StellSeries retroiluminado

Contras

  • Preço mais alto que concorrentes

Publicado por: Ghttp://adrenaline.uol.com.br/rss/0/0/tudo.xml - Continue lendo: http://adrenaline.uol.com.br/rss/0/23/reviews.xml

Tags: , ,

Empresa de energia solar quer compensar a fritura de pássaros com a castração de gatos

Há alguns meses, falamos sobre uma consequência imprevista da maior usina solar do mundo. Os 350.000 espelhos que refletem luz solar da atmosfera fazem isso com uma intensidade tão forte que basicamente gera um enorme raio mortal. Os pobres pássaros que voam por perto não resistem – eles são fritados ainda no ar.

Não é um problema pequeno. Fontes da Associated Press dizem que um pássaro morre a cada dois minutos, em média, nas instalações de US$ 2,2 bilhões da Ivanpah Dry Lake. O problema é preocupante o bastante para investigadores de vida selvagem do governo dos EUA quererem impedir que a BrightSource Energy, proprietária da usina, abra outra fazenda solar ainda maior diretamente no caminho de voo de mais de 100 espécies de pássaros, incluindo águas e falcões peregrinos. A usina seria quatro vezes mais perigosa às aves do que a atual.

atp8qkesv3iydpbjc3mb

Mas não se preocupe, a BrightSource Energy tem uma solução. Um dos executivos da empresa disse à AP que a BrightSource vai gastar US$ 1,8 milhão em compensação pelas mortes de aves na nova usina. O dinheiro, ele diz, poderá ser usado para castrar e neutralizar gatos – que matam milhares de aves anualmente.

A ideia cria mais questões do que respostas. Como exatamente castrar e neutralizar gatos impedirá que eles matem aves – tirando o fato de que eles se reproduzirão menos? Não seria uma solução melhor encontrar uma forma de não lançar um raio mortal gigante nas pobres e inocentes aves? A AP diz que “críticos dizem que nada seria feito para ajudar as aves no local.” E esses críticos parecem estar certos! [SploidAP]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


meszqoiaqsvu3lqpvkbf

Essa forma hiperativa é a visualização do canto de um pássaro


o4uuwgrwtidxiippnuzw

As aves de Chernobil estão conseguindo se adaptar à radiação


atp8qkesv3iydpbjc3mb

A maior usina solar do mundo está matando pássaros ao derretê-los com o calor


gato skate 2

Este gato sabe fazer truques incríveis de skate


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


cortar carne bife

A ciência diz: é melhor cozinhar um bife congelado do que descongelado


recto

Como a arte das tatuagens coloriu a história do mundo


protetorsolar

Câmera ultravioleta mostra porque devemos sempre usar protetor solar


5829948023_87b0c9feb0_o

Um tipo de carrapato está causando alergia à carne vermelha em várias pessoas

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,