Receba atualizações no seu Facebook. Basta curtir a nossa página abaixo:

 

Você pode comprar o comunicador de Star Trek na vida real

Walkie-talkies estão por aí há décadas, sem grandes mudanças nos últimos anos. A OnBeep, uma empresa que lançou esta semana um dispositivo vestível do tipo aperte-para-falar chamado Onyx, quer fazer a ponte entre os antigos radinhos e os modernos smartphones.

Com 46 gramas —quase o mesmo peso de um ovo— o Onyx é um receptor e transmissor que se prende à roupa por meio de um clipe. Ele se conecta a um app de Android e iOS, que permite que você forme grupos de usuários rapidamente e compartilhe informações como localização com todas as pessoas. A ideia é levar a funcionalidade do clássico walkie-talkie e adicionar novas camadas de funções usando o aplicativo; a OnBeep também compara o dispositivo ao comunicador de Star Trek: prenda no peito e bata para falar.

O Onyx se conecta com um app de iOS e Android.

O CEO da empresa, Jesse Robbins, que é bombeiro voluntário e paramédico, tinha em mente funcionários que trabalham com primeiros socorros, mas a empresa também está tentando vender o periférico como um produto que pode ser usado entre amigos num festival de música ou entre colaboradores que estão rodando a cidade durante o expediente. No vídeo, nós vemos uma família planejando uma festa surpresa de última hora.

Dá para perceber que o Onyx poderia ajudar a evitar a frustração de um monte de ligações efetuadas e recebidas e mensagens de texto para grupos, mas ainda não dá para saber se ele vale o dinheiro extra pago pelo hardware, em comparação a usar um app como o Zello, que tem como slogan “mais fácil que mandar mensagens e mais rápido que ligar”.

O aparelho está sendo vendido por US$100

A OnBeep recebeu US$6,25 milhões no começo deste ano para fabricar o dispositivo vestível de comunicação, dinheiro este que permitiu a eles passar longe do Kickstarter, ao contrário de muitas outras startups. Por outro lado, isto significa que não há indicadores para tentar saber quantas pessoas vão, de fato, comprar um. Então, diz aí: você compraria um desses? [OnBeep]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


Lenovo-Yoga-Tablet

Dez coisas a se fazer com o novo computador ou tablet


App_Store_900_450_90_s_c1_smart_scale

Quer ganhar R$ 120 mil para alavancar seu app ou jogo? Conheça o ‘Facebook das startups’


Silvio_Santos4

O que três ídolos podem nos ensinar sobre negócios?


15483113_f9d44e80bd_z

Jovem? Empreendedor? Temos novidades para você


É possível recarregar o cérebro humano?

É possível estimular o cérebro humano para melhorá-lo?


viajante futuro

Um breve histórico dos cientistas que tentaram caçar viajantes do tempo


programador

Conselhos de um velho programador antissocial e ranzinza


The Fermi Paradox (1)

O Paradoxo de Fermi: onde é que estão as outras Terras?


whatsappmessenger_041633046276_640x360 (1)

WhatsApp agora mostra tique duplo azul para avisar que a outra pessoa leu sua mensagem


Foto por Anderson Silva/Flickr

Anatel obriga provedores de internet a fornecer, no mínimo, 40% da velocidade contratada


tim logotipo

Claro, Vivo e Oi se juntaram para comprar a TIM e dividi-la em três


sddefault

Veja uma pena e uma bola de boliche caindo com exatamente a mesma velocidade

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

The TouchArcade Show – 180

Logo

LogoHaving Brad was a nice suprise last week, but this week we’re b ack to the far more sleepy and far less muscular Mike Meade. Sorry, everyone! Regardless, we’ve got a great podcast for you this week with a lot of talk about game design and what makes a clicker like Bitcoin Billionaire so weirdly appealing even though the core gameplay element is nothing more than watching a number go up.

Don’t forget to shoot us emails with any questions, feedback, or anything else relevant or irrelevant to podcast@toucharcade.com. We read ‘em all, even if they don’t make it into the podcast. As always, you can listen to us with the links below… And if you like what you hear, please subscribe and/or drop us a review in iTunes. Much appreciated!

 

iTunes Link: The TouchArcade Show
Zune Marketplace: TouchArcade.com Podcasts
RSS Feed: The TouchArcade Show
Direct Link: TouchArcadeShow-180.mp3, 82.5MB

Games

  • Jet Run: City Defender [Free]
  • Bitcoin Billionaire [Free]
  • Day of the Viking [$2.99]
  • 1-Bit Hero [Free]
  • Doodle Jump DC Super Heroes [Free]
  • Adventure Age [Free]
  • Super Secret Service [$0.99]

News

Publicado por: TouchArcade - Continue lendo: http://toucharcade.com/feed/

Tags:

A telepatia através da internet está prestes a se tornar realidade

Pesquisadores da Universidade de Washington demonstraram com sucesso uma interface cérebro-a-cérebro em um estudo com seis pessoas. É a segunda versão desse estudo, agora com mais pessoas, mais confiança, e sucesso o suficiente para presumir que a telepatia poderá sair do mundo da ficção científica.

Basicamente, o que aconteceu foi isso: uma pessoa foi colocada em uma sala e outra numa sala diferente, e elas não conseguiriam se comunicar de nenhuma forma que não fosse pelo cérebro. Os dois olharam para um jogo onde deveriam defender uma cidade ao disparar um canhão. Mas uma das pessoas tinha o cérebro preso a uma máquina eletroencefalográfica que lia os sinais cerebrais, e em vez de ter qualquer tipo de joystick, ela só precisava pensar para mover sua mão e atirar com o canhão. Isso era transmitido pela internet para o outro operador, cujas mãos estavam situadas em um touchpad, e ele precisava tocar na direção certa conforme os sinais que passavam para ele.

Os pesquisadores testaram isso em três pares, e observaram taxa de sucesso entre 25% e 83%. É uma diferença bem grande, mas o importante é isso: os pesquisadores viram sucesso o suficiente em controle da mente cérebro-a-cérebro, e estão confiantes de que isso funciona.

A Universidade de Washington planeja seguir adiante, graças a uma doação de um milhão de dólares que eles pretendem usar para descobrir que tipo de informação pode ser enviada entre o cérebro das pessoas. Eles querem saber, por exemplo, se um dia um professor conseguirá enviar informações diretamente para o cérebro de um estudante. As possibilidades podem ser infinitas – incluindo um futuro em que nunca mais precisaremos entrar em salas de aula. [Kurzweil AI]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


Drone

Pesquisadores testam drone com chip neuromórfico que imita cérebro


É possível recarregar o cérebro humano?

É possível estimular o cérebro humano para melhorá-lo?


cerebro

Cientistas que descobriram o GPS natural do cérebro vão ganhar o Nobel de Medicina


cerebro sem cerebelo

Caso extremamente raro de mulher sem cerebelo intriga médicos


É possível recarregar o cérebro humano?

É possível estimular o cérebro humano para melhorá-lo?


viajante futuro

Um breve histórico dos cientistas que tentaram caçar viajantes do tempo


programador

Conselhos de um velho programador antissocial e ranzinza


The Fermi Paradox (1)

O Paradoxo de Fermi: onde é que estão as outras Terras?


whatsappmessenger_041633046276_640x360 (1)

WhatsApp agora mostra tique duplo azul para avisar que a outra pessoa leu sua mensagem


Foto por Anderson Silva/Flickr

Anatel obriga provedores de internet a fornecer, no mínimo, 40% da velocidade contratada


tim logotipo

Claro, Vivo e Oi se juntaram para comprar a TIM e dividi-la em três


sddefault

Veja uma pena e uma bola de boliche caindo com exatamente a mesma velocidade

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

Como o novo Material Design vai transformar todos os serviços do Google

O Google liberou ontem o novo app do Google Maps para iOS e Android, e ele nos deu acesso a alguns novos recursos, como reservar mesas em restaurantes de dentro do app. Mas ele também nos dá uma ótima ideia de como o Material Design vai transformar todo o pacote de produtos criados pelo Google.

Por que estamos encantados com o Android 5.0 Lollipop

O Maps não é o primeiro app a receber o Material Design – o Chrome e o Hangouts já estão há um bom tempo com o novo design no Android, e diversos outros serviços foram remodelados nas últimas semanas. O Maps é um dos mais recentes, mas o fato dele já estar adaptado também no iOS nos ajuda a ver como a nova diretriz de design do Google vai se comportar fora do Android.

Então o que mudou? Eis um pequeno tour pelo processo de conseguir direções no Google Maps 4.0. Como você pode ver, a barra de endereço está maior e mais clara, e a interface de usuário eliminou riscas e sombras de outrora. O novo Maps está à direita:

Comparação entre o antigo Google Maps (esquerda) e o novo (direita)

Também há um botão para ativar comandos de voz na caixa de endereço, enquanto outras opções foram transformadas em um ícone no formato de hambúrguer. O que também é facilmente perceptível? Os botões maiores para direções e para a minha localização, que agora são circulares e sobrepostos entre o mapa e a caixa de diálogo.

O Google também substituiu o esquema de cor cinza monótono por uma versão azul papoula, como você pode ver nesta imagem da página de direções:

Comparação entre o antigo Google Maps (esquerda) e o novo (direita)

Outra grande atualização está visível nas opções, onde você pode escolher entre várias rotas para o seu destino. A antiga versão do Maps colocava cada opção como um cartão com sombras. Isso ficou no passado, e o efeito 3D foi achatado e impulsionado com um pouco de cor:

Comparação entre o antigo Google Maps (esquerda) e o novo (direita)

A página de rotas nos dá uma boa visão geral das grandes mudanças. Os ícones são maiores, mais claros, e mais racionalmente posicionados nas páginas. As antigas cores monótonas foram abandonadas. As proporções entre as caixas de diálogo e os mapas melhoraram bastante.

Comparação entre o antigo Google Maps (esquerda) e o novo (direita)

E agora as setas estão bem diferentes, e sabemos qual delas indica a direção, qual delas significa “voltar” e qual delas nos permite prever os próximos passos.

Todos estamos bastante animados para ver as grandes e belas alterações que o Material Design fará, mas é melhor ainda saber que a lógica subjacente do manifesto do vice-presidente de design do Google, Matias Duarte, é exposição racional de informação. Não são mudanças profundas, e sim modificações que tornam o Maps melhor para usuários – o que, em meio a todo o hype, é fácil esquecer que é o objetivo final. [iTunes; Google Play]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


google project ara

Project Ara, o smartphone modular do Google, ganhou um concorrente


Casa All I Own da PKMN Architecture (1)

Este pequeno apartamento usa paredes deslizantes para criar quatro cômodos em um só


google drive edita office

Com extensão para o Chrome, é possível abrir arquivos do Google Drive em apps de desktop


Hands-on Office 2013.

Microsoft Office gratuito fica mais útil no iOS; preview para Android funciona em tablets


É possível recarregar o cérebro humano?

É possível estimular o cérebro humano para melhorá-lo?


viajante futuro

Um breve histórico dos cientistas que tentaram caçar viajantes do tempo


programador

Conselhos de um velho programador antissocial e ranzinza


The Fermi Paradox (1)

O Paradoxo de Fermi: onde é que estão as outras Terras?


whatsappmessenger_041633046276_640x360 (1)

WhatsApp agora mostra tique duplo azul para avisar que a outra pessoa leu sua mensagem


Foto por Anderson Silva/Flickr

Anatel obriga provedores de internet a fornecer, no mínimo, 40% da velocidade contratada


tim logotipo

Claro, Vivo e Oi se juntaram para comprar a TIM e dividi-la em três


sddefault

Veja uma pena e uma bola de boliche caindo com exatamente a mesma velocidade

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

Hands-on With "Goblins vs Gnomes"



Earlier today, we reported on the announcement of Blizzard’s first expansion to its wildly popular CCG Hearthstone. Dubbed Goblins vs Gnomes, this expansion focuses less on a storyline storyline (i.e. Hearthstone’s ‘Adventures’ such as Curse of Naxxramas) and more on just adding a ton of new cards to the gameplay arena. I had the opportunity to play a few games with decks mostly comprised of a few of the new cards that will be available in Goblins vs Gnomes and, suffice to say, it’s going to add some crazy new strategies.

Goblins vs Gnomes Key Artz

Goblins vs Gnomes Key Artz

The biggest addition that folks will see in Goblins vs Gnomes is the introduction of a new card type, Mechs. These types of cards are full of a wide variety of random effects. In addition, a great deal of the new cards feature Battlecrys and Death Rattles that rely on having Mechs in play for them to work. For example, the new Goblin Blastmage deals four damage randomly split amongst enemy characters if you have a Mech card on the board. Others, like the Unstable Portal card, simply add a random minion to your hand (with the only caveat being that it will cost three gems or less).

Of course, being an expansion focusing exclusively on Goblins and Gnomes, there are a few cards that have been revealed that are simply hilarious while potentially adding to the game’s deep strategy. The early-game Annoy-o-Tron costs two gems and only one has attack, but comes with Taunt, Divine Shield, and Two Health, which makes it a cool new card to potentially lead with. Explosive Sheep is another entertaining card, which deals two damage to all minions and has a low cost of 2 gems. Micro Machine, meanwhile, is another two gem, two health card but has an interesting effect of gaining +1 attack at the start of each turn.

Goblins vs Gnomes Gameboardz

Goblins vs Gnomes Gameboardz

Goblins vs Gnomes doesn’t neglect the end-game either, as there are a few new really hire powered cards that can certainly turn the tide. The return of Mekgineer Thermaplugg is particularly worthy of notice, as this 9/7 card summons a Leper Gnome whenever an enemy minion dies. Sneed’s Old Shredder is another crazy card, which will summon a random legendary minion as its Deathrattle.

Randomization is the key to the game when utilizing Goblins vs Gnomes cards, which leads to a possibility of some crazy outcomes. I played a few rounds against some other press folks and it’s very apparent that the new cards will require some substantial modification to play styles in order to effectively incorporate them. The risk-reward substantially increases with random effect cards, and I think Blizzard’s intent is to provide a new opportunity to level the ground for novices with the possibility of getting a lucky draw on a random card while providing experts with some new cards that can add to their existing repertoire. I also really like some of the new cards such as the Recombobulator, which transforms any friendly minion into a random minion with the same cost. Being able to effectively start over halfway through a match adds some really deep strategy to Hearthstone.

Goblins vs Gnomes will feature over a 100 new cards available as card packs. The card packs will be winnable in Arena mode and will also be available for purchase with in-game gold or real-money via separate GvG packs. One cool announcement is that players will get full access to Goblins vs Gnomes cards within Arena mode without having to own the cards outright. In addition, while the much sought-after Spectator Mode was mentioned, no timeline for release has been announced yet.

Pricing and a specific launch date for Goblins vs Gnomes have not been announced yet, but we do know that the expansion will be coming out sometime next month. Meanwhile, stay tuned as we continue to check out Hearthstone at BlizzCon.

Publicado por: TouchArcade - Continue lendo: http://toucharcade.com/feed/

Tags: