Receba atualizações no seu Facebook. Basta curtir a nossa página abaixo:

 

Este robô origami se dobra sozinho e sai andando em questão de minutos

As dobras intrincadas do origami são muito úteis na ciência em geral, servindo para criar airbags mais seguros e projetos arquitetônicos mais resistentes. E aqui, os mesmos princípios são aplicados a um robô de montagem autônoma, que usa um microcontrolador para ir do 2D ao 3D e, em seguida, sair andando.

Sam Felton e Robert Wood, engenheiros de microrrobótica de Harvard, se inspiraram no conceito do “origami rígido”: isso consiste em aplicar as mesmas técnicas de dobradura do origami a materiais resistentes e com dobradiças. Assim, eles criaram um robô que se transforma sozinho, usando plástico inteligente ativado por computador.

O “papel” deste origami é uma placa de circuito flexível com dobradiças de cobre, que se contraem quando aquecidas. Um pulso eletrônico do circuito aciona o calor e, assim, começa o processo de dobramento.

Um software de modelagem determina qual design pré-programado o robô vai assumir (neste caso, um caranguejo simpático). Quando a estrutura estiver completa, o motor embutido é ativado, e permite ao robô se locomover. Tudo isso acontece sem a ajuda de seres humanos.

Este é um truque bem divertido, mas estes robôs planos podem ser úteis no mundo real: por exemplo, sua espessura fina e habilidades de automontagem os tornam perfeitos para se espremer em espaços apertados, para missões de busca e salvamento. É mais um avanço para os robôs autônomos. [New Scientist]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


matrix bullet

Vídeo hilário substitui falas e efeitos sonoros de Matrix por sons 8-bit


navdy

Navdy deixa seu carro mais inteligente exibindo informações do smartphone no para-brisa


novo foursquare (2)

O novo Foursquare: muito mais recomendações, muito menos divertido


saco batata frita

Cientistas descobrem como ouvir conversas usando um saco de batata frita


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


dx dealextreme

DealExtreme abre armazém no Brasil para você não pagar taxa de R$ 12 aos Correios


vcfiscal1

Um app promete revelar se houver fraude nas eleições deste ano


vivo logo

Vivo deve pagar R$ 50 mil para indenizar funcionária que se recusou a mentir para clientes


brwikiedits

Uma conta no Twitter avisa toda vez que um IP do governo federal editar a Wikipédia

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

Brasileiros se revoltam contra app Secret: “a ideia é bani-lo do país”

O Secret é uma rede social para você compartilhar segredos: basta criar uma conta no app para iOS ou Android e sair postando de forma (razoavelmente) anônima. Em fins de maio, o app foi lançado no Brasil, mas só agora ele ganhou popularidade – e já encontrou quem o odeie por aqui.

Segundo a Folha de S. Paulo, dez pessoas vão entrar com pedidos extrajudiciais para que Apple e Google removam o Secret de suas lojas virtuais no Brasil. Elas dizem que foram caluniadas por usuários do app.

Pior: Bruno de Freitas Machado, responsável pela iniciativa, diz à Folha que “está acontecendo uma onda de postagens difamatórias e ofensivas, com discriminação, racismo, imagens [pornográficas] de menores”. Ele termina dizendo que “a ideia é banir o aplicativo do país”.

Eles não vão processar a empresa Secret, responsável pelo app, até porque isso seria difícil. Primeiro, ela não tem representação no Brasil (só nos EUA). Segundo, o Marco Civil da Internet criou um porto seguro para sites e apps: a responsabilidade do conteúdo publicado neles é de cada usuário, e a remoção só pode ser feita por ordem judicial. (A exceção é conteúdo com nudez e sexo: o provedor deve removê-lo o quanto antes.)

secret website

Identificar o autor de um post no Secret pode não ser tão difícil. Ele usa sua lista de contatos no celular e no Facebook para exibir segredos aos seus amigos; então, dependendo do teor da mensagem, dá para inferir quem é o autor.

Por exemplo, alguém reclamou no Secret que os criadores do app não queriam participar de um podcast. Um comentarista rapidamente observou que se tratava do empresário Jason Calacanis, fundador de uma rede de blogs que incluía Engadget e Joystiq – ele estava em seus contatos e tem um podcast.

Polêmica

O Secret vem mexendo com os ânimos no Vale do Silício. Em março, um alto executivo do Facebook teve que se defender após ser chamado de “narcisista sedento de poder”. No mesmo mês, uma mensagem ofensiva no Secret fez uma engenheira do GitHub se demitir e revelar uma cultura de assédio na empresa; o CEO deixou o cargo após o escândalo.

O app também serve para vazar informações antes de se tornarem oficiais. Por exemplo, alguns dias antes de Vic Gundotra deixar o Google, um post no Secret alegava que ele estava fazendo entrevista em outra empresa.

secret apple earpods

No entanto, é muito fácil inventar rumores falsos. Em maio, alguns sites começaram a circular um boato de que os fones EarPods da Apple ganhariam sensores para acompanhar sua frequência cardíaca e pressão sanguínea. O autor do “segredo” confessou alguns dias depois que ele inventou tudo – era só uma piada.

Na internet, o anonimato pode trazer o pior lado das pessoas. E o que acontece quando adolescentes começarem a usá-lo em peso, livres para falar mal de todo mundo? A rede social lembra que “os segredos mais interessantes podem viajar por todo o mundo”: quando um amigo curte a mensagem, ela aparece no feed dos amigos dele, multiplicando possíveis danos.

whisper website

Há apps semelhantes, como o Whisper, que dizem não permitir nomes de pessoa nas mensagens para evitar problemas do tipo. No entanto, nomes de celebridades estão liberados. Isso causou uma saia justa após um usuário do app revelar, em fevereiro, que a atriz Gwyneth Paltrow estava traindo o marido, o cantor Chris Martin. No mês seguinte, eles se separaram.

Bem, nada disso impediu apps anônimos por enquanto. Na verdade, o Secret vem recebendo bastante financiamento nos últimos meses, e é avaliado em mais de US$ 100 milhões. Você está usando? [Folha]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


windows phone melhores apps

Os melhores apps da semana para Windows Phone


melhores apps iphone ipad ios7

Os melhores apps da semana para iPad e iPhone


android melhores apps

Os melhores apps da semana para Android


macbook china

China proíbe funcionários do governo de usar dispositivos da Apple (atualizado)


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


dx dealextreme

DealExtreme abre armazém no Brasil para você não pagar taxa de R$ 12 aos Correios


vcfiscal1

Um app promete revelar se houver fraude nas eleições deste ano


vivo logo

Vivo deve pagar R$ 50 mil para indenizar funcionária que se recusou a mentir para clientes


brwikiedits

Uma conta no Twitter avisa toda vez que um IP do governo federal editar a Wikipédia

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

Brasileiros se revoltam contra app Secret: “a ideia é bani-lo do país”

O Secret é uma rede social para você compartilhar segredos: basta criar uma conta no app para iOS ou Android e sair postando de forma (razoavelmente) anônima. Em fins de maio, o app foi lançado no Brasil, mas só agora ele ganhou popularidade – e já encontrou quem o odeie por aqui.

Segundo a Folha de S. Paulo, dez pessoas vão entrar com pedidos extrajudiciais para que Apple e Google removam o Secret de suas lojas virtuais no Brasil. Elas dizem que foram caluniadas por usuários do app.

Pior: Bruno de Freitas Machado, responsável pela iniciativa, diz à Folha que “está acontecendo uma onda de postagens difamatórias e ofensivas, com discriminação, racismo, imagens [pornográficas] de menores”. Ele termina dizendo que “a ideia é banir o aplicativo do país”.

Eles não vão processar a empresa Secret, responsável pelo app, até porque isso seria difícil. Primeiro, ela não tem representação no Brasil (só nos EUA). Segundo, o Marco Civil da Internet criou um porto seguro para sites e apps: a responsabilidade do conteúdo publicado neles é de cada usuário, e a remoção só pode ser feita por ordem judicial. (A exceção é conteúdo com nudez e sexo: o provedor deve removê-lo o quanto antes.)

secret website

Identificar o autor de um post no Secret pode não ser tão difícil. Ele usa sua lista de contatos no celular e no Facebook para exibir segredos aos seus amigos; então, dependendo do teor da mensagem, dá para inferir quem é o autor.

Por exemplo, alguém reclamou no Secret que os criadores do app não queriam participar de um podcast. Um comentarista rapidamente observou que se tratava do empresário Jason Calacanis, fundador de uma rede de blogs que incluía Engadget e Joystiq – ele estava em seus contatos e tem um podcast.

Polêmica

O Secret vem mexendo com os ânimos no Vale do Silício. Em março, um alto executivo do Facebook teve que se defender após ser chamado de “narcisista sedento de poder”. No mesmo mês, uma mensagem ofensiva no Secret fez uma engenheira do GitHub se demitir e revelar uma cultura de assédio na empresa; o CEO deixou o cargo após o escândalo.

O app também serve para vazar informações antes de se tornarem oficiais. Por exemplo, alguns dias antes de Vic Gundotra deixar o Google, um post no Secret alegava que ele estava fazendo entrevista em outra empresa.

secret apple earpods

No entanto, é muito fácil inventar rumores falsos. Em maio, alguns sites começaram a circular um boato de que os fones EarPods da Apple ganhariam sensores para acompanhar sua frequência cardíaca e pressão sanguínea. O autor do “segredo” confessou alguns dias depois que ele inventou tudo – era só uma piada.

Na internet, o anonimato pode trazer o pior lado das pessoas. E o que acontece quando adolescentes começarem a usá-lo em peso, livres para falar mal de todo mundo? A rede social lembra que “os segredos mais interessantes podem viajar por todo o mundo”: quando um amigo curte a mensagem, ela aparece no feed dos amigos dele, multiplicando possíveis danos.

whisper website

Há apps semelhantes, como o Whisper, que dizem não permitir nomes de pessoa nas mensagens para evitar problemas do tipo. No entanto, nomes de celebridades estão liberados. Isso causou uma saia justa após um usuário do app revelar, em fevereiro, que a atriz Gwyneth Paltrow estava traindo o marido, o cantor Chris Martin. No mês seguinte, eles se separaram.

Bem, nada disso impediu apps anônimos por enquanto. Na verdade, o Secret vem recebendo bastante financiamento nos últimos meses, e é avaliado em mais de US$ 100 milhões. Você está usando? [Folha]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


windows phone melhores apps

Os melhores apps da semana para Windows Phone


melhores apps iphone ipad ios7

Os melhores apps da semana para iPad e iPhone


android melhores apps

Os melhores apps da semana para Android


macbook china

China proíbe funcionários do governo de usar dispositivos da Apple (atualizado)


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


dx dealextreme

DealExtreme abre armazém no Brasil para você não pagar taxa de R$ 12 aos Correios


vcfiscal1

Um app promete revelar se houver fraude nas eleições deste ano


vivo logo

Vivo deve pagar R$ 50 mil para indenizar funcionária que se recusou a mentir para clientes


brwikiedits

Uma conta no Twitter avisa toda vez que um IP do governo federal editar a Wikipédia

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

Brasileiros se revoltam contra app Secret: “a ideia é bani-lo do país”

O Secret é uma rede social para você compartilhar segredos: basta criar uma conta no app para iOS ou Android e sair postando de forma (razoavelmente) anônima. Em fins de maio, o app foi lançado no Brasil, mas só agora ele ganhou popularidade – e já encontrou quem o odeie por aqui.

Segundo a Folha de S. Paulo, dez pessoas vão entrar com pedidos extrajudiciais para que Apple e Google removam o Secret de suas lojas virtuais no Brasil. Elas dizem que foram caluniadas por usuários do app.

Pior: Bruno de Freitas Machado, responsável pela iniciativa, diz à Folha que “está acontecendo uma onda de postagens difamatórias e ofensivas, com discriminação, racismo, imagens [pornográficas] de menores”. Ele termina dizendo que “a ideia é banir o aplicativo do país”.

Eles não vão processar a empresa Secret, responsável pelo app, até porque isso seria difícil. Primeiro, ela não tem representação no Brasil (só nos EUA). Segundo, o Marco Civil da Internet criou um porto seguro para sites e apps: a responsabilidade do conteúdo publicado neles é de cada usuário, e a remoção só pode ser feita por ordem judicial. (A exceção é conteúdo com nudez e sexo: o provedor deve removê-lo o quanto antes.)

secret website

Identificar o autor de um post no Secret pode não ser tão difícil. Ele usa sua lista de contatos no celular e no Facebook para exibir segredos aos seus amigos; então, dependendo do teor da mensagem, dá para inferir quem é o autor.

Por exemplo, alguém reclamou no Secret que os criadores do app não queriam participar de um podcast. Um comentarista rapidamente observou que se tratava do empresário Jason Calacanis, fundador de uma rede de blogs que incluía Engadget e Joystiq – ele estava em seus contatos e tem um podcast.

Polêmica

O Secret vem mexendo com os ânimos no Vale do Silício. Em março, um alto executivo do Facebook teve que se defender após ser chamado de “narcisista sedento de poder”. No mesmo mês, uma mensagem ofensiva no Secret fez uma engenheira do GitHub se demitir e revelar uma cultura de assédio na empresa; o CEO deixou o cargo após o escândalo.

O app também serve para vazar informações antes de se tornarem oficiais. Por exemplo, alguns dias antes de Vic Gundotra deixar o Google, um post no Secret alegava que ele estava fazendo entrevista em outra empresa.

secret apple earpods

No entanto, é muito fácil inventar rumores falsos. Em maio, alguns sites começaram a circular um boato de que os fones EarPods da Apple ganhariam sensores para acompanhar sua frequência cardíaca e pressão sanguínea. O autor do “segredo” confessou alguns dias depois que ele inventou tudo – era só uma piada.

Na internet, o anonimato pode trazer o pior lado das pessoas. E o que acontece quando adolescentes começarem a usá-lo em peso, livres para falar mal de todo mundo? A rede social lembra que “os segredos mais interessantes podem viajar por todo o mundo”: quando um amigo curte a mensagem, ela aparece no feed dos amigos dele, multiplicando possíveis danos.

whisper website

Há apps semelhantes, como o Whisper, que dizem não permitir nomes de pessoa nas mensagens para evitar problemas do tipo. No entanto, nomes de celebridades estão liberados. Isso causou uma saia justa após um usuário do app revelar, em fevereiro, que a atriz Gwyneth Paltrow estava traindo o marido, o cantor Chris Martin. No mês seguinte, eles se separaram.

Bem, nada disso impediu apps anônimos por enquanto. Na verdade, o Secret vem recebendo bastante financiamento nos últimos meses, e é avaliado em mais de US$ 100 milhões. Você está usando? [Folha]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


windows phone melhores apps

Os melhores apps da semana para Windows Phone


melhores apps iphone ipad ios7

Os melhores apps da semana para iPad e iPhone


android melhores apps

Os melhores apps da semana para Android


macbook china

China proíbe funcionários do governo de usar dispositivos da Apple (atualizado)


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


dx dealextreme

DealExtreme abre armazém no Brasil para você não pagar taxa de R$ 12 aos Correios


vcfiscal1

Um app promete revelar se houver fraude nas eleições deste ano


vivo logo

Vivo deve pagar R$ 50 mil para indenizar funcionária que se recusou a mentir para clientes


brwikiedits

Uma conta no Twitter avisa toda vez que um IP do governo federal editar a Wikipédia

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

‘Mayday! Emergency Landing’ Now Features 104 Different Missions



The one thing that sort of stinks about the App Store is because of the sheer quantity of things that get released, it’s very easy to forget about cool games that launched without a whole load of content. Especially if you’ve got a smaller device, or a device packed with games you love, once you beat a game, it’s not abnormal to delete it and move on. Last year we posted about Mayday! Emergency Landing [Free], and it fits perfectly in to the previous case I just described, as it originally launched with five missions that didn’t take long to beat.

Backing up a bit, the premise of the game is amazing: It’s basically the best part of a flight simulator, flying a plane where everything is broken and you’re about to crash… Except, unlike randomly fiddling with settings in X-Plane [$9.99], Mayday sets up different missions where you need to safely manage an airplane when things are going real wrong. It’s a stupid amount of fun, particularly as each mission is basically a puzzle of sorts to figure out what you need to do with the airplane to land it successfully.

screen1136x1136

screen1136x1136

Well, while the original release was lacking in content, I’m elated to post that there’s now 104 different missions to play through. They’ve been updating it almost constantly it’d seem, with the “Stormy Deserts” mission pack landing today. Better yet, if this is the first you’ve heard of this game, it’s totally free to try. You can see just how crazy it is landing a plane in a storm, then decide whether or not you want to fork out the $3.99 to unlock everything else.

If you’re anything like me, that’ll be up there with the best four bucks you ever spent and the most laughs per dollar you’ll likely get out of an iPhone game as you spectacularly crash over, and over, and over and over…

Publicado por: TouchArcade - Continue lendo: http://toucharcade.com/feed/

Tags: