Receba atualizações no seu Facebook. Basta curtir a nossa página abaixo:

 

Algumas células podem se transformar em células-tronco dentro dos dentes

Dentro de cada um dos nossos dentes duros e calcificados, há uma pequena população de células-tronco vivas que podem se diferenciar em vários tipos de tecido. A origem delas foi, durante muito tempo, desconhecida, mas agora cientistas podem ter uma resposta surpreendente: células do sistema nervoso podem migrar para dentro de um dente e, na verdade, voltar a ser células-tronco. Se verificada esta hipótese, esta poderia ser uma possível fonte delas.

Dentes estão conectados aos nervos, como qualquer um que já teve o azar de uma dor de dente deve saber. Igor Adameyko, do Instituto Karolinska de Estocolmo, e sua equipe estiveram estudando em ratos células da glia, que dão suporte e proteção aos neurônios. Usando etiquetas fluorescentes neste tipo de células, eles puderam acompanhá-las ao longo do tempo.

O que eles acharam foi surpreendente. Células da glia dos nervos nas gengivas migraram para dentro dos dentes, onde se tornaram células-tronco mesenquimatosas e, eventualmente, células dentárias. Células-tronco se diferenciarem em células específicas era esperado, mas células da glia se tornarem células-tronco é o exato oposto do que nós sabíamos até agora.

O estudo publicado na Nature é definitivamente animador, mas claro, ele precisa ser confirmado por mais trabalhos. Pode ser que tenhamos uma nova fonte para células-tronco bem nas nossas bocas.

Imagem: Dmitry G/Wikimedia Commons

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


xftrbc8stmswkysmr93o

Cientistas deixaram rato transparente usando detergente


bacteria

Pesquisadores encontraram uma bactéria que se alimenta exclusivamente de eletricidade


7513216598_81555a6c1d_b

Por que o ser humano ainda tem pelos pubianos?


plantas

Plantas conseguem “ouvir” – e tentam reagir – quando estão sendo devoradas


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


buraco

Dois novos buracos gigantes são encontrados na Sibéria, e cientistas ainda estão perplexos


tr50tlimvxaydsgqktcq

Rio na China amanhece vermelho misteriosamente


dx dealextreme

DealExtreme abre armazém no Brasil para você não pagar taxa de R$ 12 aos Correios


samsung store inauguracao

As bizarras inaugurações de lojas da Samsung no Brasil

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

NASA vai fazer oxigênio com CO2 na superfície de Marte

Ontem a NASA anunciou o que o rover Mars 2020 vai levar para a superfície de Marte e um dos itens é coisa de ficção científica: a MOXIE é uma máquina que suga o dióxido de carbono da atmosfera marciana e o transforma em oxigênio puro para ser usado como combustível — um dia esse oxigênio pode servir para que os seres humanos respirem por lá.

O Mars Oxygen In-Situ Resource Utilization Experiment (MOXIE) é um dos sete instrumentos que estarão afixados ao rover 2020, que totaliza aproximadamente US$130 milhões em equipamentos. Michael Meyer, cientista chefe do Projeto Exploração de Marte fala um pouco sobre as possibilidades do Moxie:

Ele é extremamente útil para o futuro da produção de combustível para foguetes e para quando os seres humanos forem explorar Marte. É um grande passo no sentido de ajudar a futura exploração humana do planeta vermelho.

Claro que quando a NASA colocar a máquina em Marte, em 2020, ela servirá principalmente como um dispositivo de testes para analisar a atmosfera marciana, a gravidade do lugar e outras condições ambientais que afetam a produção de oxigênio. Como Bill Gerstenmaier, da NASA, explicou:

Nós não estaremos exatamente usando o oxigênio, mas vendo como podemos criá-lo, quais são os níveis de produção, qual é a eficiência. É sobre esse tipo de coisas que queremos aprender usando o MOXIE. Se você puder fazer um propulsor para ser usado na fase de subida, quando estivermos deixando o planeta, isso realmente muda a missão. Ou se você puder criar a armazenar oxigênio antes da chegada de uma equipe, você terá um ambiente habitável quando eles chegarem lá.

Uma tecnologia similar foi usada por anos para fazer oxigênio de dióxido de carbono na Estação Espacial Internacional, mas o 2020 vai ser a primeira vez em que a NASA coloca a máquina em outro planeta. Parece com algo que poderíamos ler nas páginas de um livro de ficção científica.

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


terra bombardeada (2)

Cientistas revelam uma visão da Terra de quatro bilhões de anos atrás


b87q3lfqcwwsxdxhlh2p

Por que a Rússia estava estudando a cópula das lagartixas… no espaço?


1018px-Apollo_11_bootprint

Um breve histórico de todo homem a andar na superfície da Lua


14681376481_a3b8df527e_b

Por que Neil Armstrong foi o primeiro homem a pisar na Lua?


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


buraco

Dois novos buracos gigantes são encontrados na Sibéria, e cientistas ainda estão perplexos


tr50tlimvxaydsgqktcq

Rio na China amanhece vermelho misteriosamente


dx dealextreme

DealExtreme abre armazém no Brasil para você não pagar taxa de R$ 12 aos Correios


samsung store inauguracao

As bizarras inaugurações de lojas da Samsung no Brasil

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

‘Flappy Bird’ is Back… on Amazon Fire TV

flapfamlogoflapfamlogoIt looks like when Flappy Bird developer Dong Nguyen announced that he was bringing his cult-hit game back in August, he wasn’t fooling around. Here it is, just the first day of August, and a revamped version of Flappy Bird has arrived. The only catch is that it’s only available on the Amazon Fire TV as of this writing.

The new version is called Flappy Birds Family and it comes with a couple of new features over the original version. First off is a new obstacle in the form of ghosts that must be avoided as you flap through all those pipe gates. The ghost should be familiar to those who have seen Dong Nguyen’s Twitter avatar.

The next addition is a Person vs. Person mode, which sees two players battling against each other in a race to the finish, split-screen style. Just like the old days of multiplayer gaming before we had that thing called the internet. It also appears that you have a choice of at least two different kinds of birds to play as, which is probably why the new name Flappy Birds Family has a plural form.

flappybirdfamilyflappybirdfamily

flapbirdfamflapbirdfam flapbirdfam1flapbirdfam1

If I had to wager a guess, I’d say that Flappy Birds Family is a glimpse at what the new version will be when the game is finally re-released for mobile. It’s possible that the Person vs. Person multiplayer will extend to online play too, given the online nature of most mobile devices. Unfortunately (or fortunately, if you hate Flappy Bird), we don’t know when the new Flappy Bird will debut on platforms other than the Amazon Fire TV. We’ll definitely be keeping an eye out for a release date of the new Flappy Bird on mobile though, so stay tuned.

[@lifelower via Polygon]

Publicado por: TouchArcade - Continue lendo: http://toucharcade.com/feed/

Tags:

Passo olímpico para o futuro: mais um smart glass no mercado

Saiba mais!

  • RELACIONADOS
  • POPULARES


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


buraco

Dois novos buracos gigantes são encontrados na Sibéria, e cientistas ainda estão perplexos


tr50tlimvxaydsgqktcq

Rio na China amanhece vermelho misteriosamente


samsung store inauguracao

As bizarras inaugurações de lojas da Samsung no Brasil


ttdasn9imaxcbwvi1fys

Você já pode comprar um capacitor de fluxo para seu carro

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

Assista agora mesmo ao documentário sobre Aaron Swartz com legendas em português

No início de 2013, Aaron Swartz – criador do RSS 1.0 e um dos fundadores do Reddit – cometeu suicídio. Ele tinha 26 anos. Ele queria tornar públicos os artigos da base acadêmica JSTOR, e por isso poderia ser condenado a até 50 anos de prisão e a US$ 4 milhões em multas.

A morte de Swartz foi o estopim para Brian Knappenberger – que dirigiu um documentário sobre o Anonymous – criar um filme sobre a história do jovem, e sobre “as questões de acesso à informação e de liberdades civis”. E você pode assisti-lo legendado e de graça.

O filme The Internet’s Own Boy: The Story of Aaron Swartz foi legendado de forma não-oficial, por um esforço coletivo, e está disponível acima - clique no botão “Legendas” para ativá-las. Vale lembrar que o filme está disponível em licença Creative Commons.

O documentário foi financiado através do Kickstarter, e superou a meta: Knappenberger pediu US$ 75.000, mas recebeu quase US$ 94.000. O filme estreou em janeiro no festival de cinema em Sundance, e nos cinemas americanos e video on demand em junho.

O Menino da Internet: a História de Aaron Swartz conta como o jovem criou o protocolo RSS, usado em inúmeros sites até hoje; como ajudou a criar o Reddit, uma das maiores comunidades online; e sua luta contra o projeto de lei antipirataria SOPA através da entidade Demand Progress.

E então chegamos à batalha judicial de dois anos que levou Aaron a cometer suicídio. O JSTOR, que oferece artigos acadêmicos mediante assinatura, processou Swartz em 2011 por usar um script na rede da universidade MIT que baixou 5 milhões de artigos. O JSTOR logo desistiu do processo, mas a Procuradoria dos EUA – que representa o governo – trouxe o caso de volta, e queria colocar o jovem na prisão.

Aaron, que sofria de depressão, não aguentou a tortura psicológica. A história dele mostra como as leis de propriedade intelectual podem ir longe demais, e o filme – com 91% no Rotten Tomatoes – mostra seus esforços de ativismo e seu trabalho em geral. Então assista. [YouTube via Link/Estadão]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


terra bombardeada (2)

Cientistas revelam uma visão da Terra de quatro bilhões de anos atrás


samsung store inauguracao

As bizarras inaugurações de lojas da Samsung no Brasil


skyhawk

Cabo se rompe em atração de parque de diversões que levanta pessoas no ar a 100 km/h


hidrofobia 2

Veja os truques inusitados de gotas d’água em superfícies hidrofóbicas


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


buraco

Dois novos buracos gigantes são encontrados na Sibéria, e cientistas ainda estão perplexos


tr50tlimvxaydsgqktcq

Rio na China amanhece vermelho misteriosamente


samsung store inauguracao

As bizarras inaugurações de lojas da Samsung no Brasil


ttdasn9imaxcbwvi1fys

Você já pode comprar um capacitor de fluxo para seu carro

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,