Receba atualizações no seu Facebook. Basta curtir a nossa página abaixo:

 

Como nós imaginávamos a internet antes de a internet existir

Em alguns anos, os homens serão capazes de se comunicar com mais eficiência através de uma máquina do que cara a cara. Parece óbvio hoje em dia. Mas e em 1968, um ano antes da ARPANET fazer a primeira conexão? Era clarividência.

Às vezes uma visão do futuro pode ser tão precisa que é difícil para nós que vivemos no futuro entender o que tinha de tão visionário naquilo. Poucas pessoas olhavam para essas máquinas monstruosas naquele tempo e achavam que elas seriam ótimas facilitadoras de encontro um dia. A ARPANET foi criada para compartilhar recursos entre acadêmicos e outras pessoas sérias. Nos seus primórdios, essas redes não eram vistas como uma ferramenta para coisas como pedir pizza ou compartilhar GIFs de gatos com pessoas do mundo inteiro.

Conectando pessoas

O elemento humano – a ideia de pessoas médias interagindo com computadores, mas mais importante ainda, com outras pessoas – não era uma das preocupações das pessoas que lançaram as bases da internet que conhecemos. E é isso que faz esse artigo de 1968 que previu a extensão do elemento humano tão especial.

O artigo foi escrito por J.C.R Licklider e Robert Taylor, ilustrado por Rowland B. Wilson, e apareceu na edição de abril de 1968 da Science and Technology. O artigo inclui algumas das previsões mais incríveis e precisas de como os computadores em rede funcionariam. Incrivelmente precisas e com um toque retro-futurista que mantém firmemente como um produto do seu tempo.

(mais…)

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

Out Now: ‘Combo Crew’, ‘Poker Night 2′, ‘Epic’, ‘Stickman Tennis’, ‘Zombie Fish Tank’ and Much More

It’s another Wednesday evening here in the US, which means that it’s another batch of new iOS game releases. Tonight is a pretty extensive list, with a little something for everybody. Telltale’s odd and awesome looking poker game Poker Night 2, which features a mashup of characters from a number of cool games, made a late appearance in the New Zealand App Store. I’m stoked to check that one out. Also, in case you missed it before, EA’s online RPG Ultima Forever soft-launched in Canada today, so if you have access to a Canadian App Store account you should check that out too. Enjoy!


1968

mzl.ntzitrlemzl.ntzitrle

App Store Description:

The creators of Save My Bacon brings you an epic space adventure with 4 different planets and over 60+ levels to complete!! Try to master huge jumps, endless falls and tricky terrain in this racing vs puzzle game! Challenge your friends on Game Center and be the first to conquer all the planets. Can you beat the clock!?

Forum Thread: 1968 – (by Attribite AB) [Universal]


Bam Fu

mzl.lwdluwmkmzl.lwdluwmk

App Store Description:

HANDS CLASH IN CHAOS in Bam fu, a game for two-, three- or four people on one device.
Everyone is fighting over the same pebbles. Physical contact is totally part of this game.
Each player fights for her own color. Pebbles loop through the colors of the players when you tap them. Make the majority of the pebbles your color and win the round. Win five rounds and you’ve secured your victory.

Forum Thread: Bam fu – (by Game Oven) [Universal]


Call of Mini: DinoHunter

App Store Description:

Fight your way through hordes of giant lizards and collect items to craft and upgrade various weapons.
Dinosaurs emerge from the ancient forest after hiding for decades. As a descendant from a great hunter family, you continuously hone skills towards your desired goal in order to stand up to your father’s expectation. Now it’s time to prove yourself.

Forum Thread: Call of Mini: DinoHunter – (by Triniti Interactive Limited) [Universal]


Combo Crew

First Impressions: Upcoming Brawler ‘Combo Crew’ From ‘Squids’ Creator Is Pretty Rad

Unlike most of brawlers, including ones we see on iPad and iPhone, Crew doesn’t use virtual buttons. In fact, you don’t even directly control your character’s movement. You just swipe to attack between bad guys. Two finger swipes lead to bigger combos, holding down a swipe charges an attack that can break through defenses, while on-screen taps can counter-attack anyone taking shots at you. As the game ramps up, you start learning new ways to combo, as it integrates multi-directional swipes that can do things like, say, blast opponents into the air for a juggle.

Forum Thread: Combo Crew – (by The Game Bakers) [Universal]


Dead Ahead

App Store Description:

Swerve between abandoned cars, plough through undead crowds and when the dead get too close, get trigger-happy. Visit the Garage to upgrade your ride and your firearms to keep ahead of your pursuers. Smart thinking is the best weapon against the dead. Trick these brain-hungry buffoons by leading them over ramps or straight into the back of cars and watch those red pixels fly! Survive as long as you can to complete missions, rank up, and top the leaderboards. Rack up gory combos and take on daily challenges to reap even greater rewards.

Forum Thread: Dead Ahead™ – (by Chillingo Ltd) [Universal]


Downhill Supreme

mzl.enjrfawomzl.enjrfawo

App Store Description:

Launch off a huge jumps, balance in mid-air, fly over the rock sections and time the perfect landing. Welcome to the thrilling world of Downhill Supreme! It’s addictive, action-packed sports game where your skills will be tested in order to become downhill cycling superstar. Have you got what it takes?

Forum Thread: Downhill Supreme – (by Reinholds Berzins) [Universal]


Epic

First Impressions: Hands-on With Gameloft’s ‘Epic,’ A Free-To-Play Movie Tie-In

In Epic, you’ll be tasked with building up a fantasy army and taking care of all the overhead that goes alongside this. Basically, you’ll be obtaining minerals, refining minerals, and waiting for a bunch of timers to finish so you can obtain and refine even more minerals — you know, the usual. I guess the hook with this one is in its tie-in with Blue Sky’s film of the same name, which is apparently hitting a theater near you later this week. It has talking slugs in it, just FYI.

Forum Thread: Epic (Universal app By Gameloft)


Finger Tied Jr.

mzl.cterqjgumzl.cterqjgu mzl.nnlfnesgmzl.nnlfnesg

App Store Description:

Based on the popular iPad puzzler, Finger Tied Jr. is a multi-touch puzzle game for iPhone and iPod touch. In each Finger Tied Jr. puzzle, fill in a shape by moving up to four fingers around on your iPhone/iPod touch at the same time. But be careful, lift a finger, or go out of bounds, and it’s game over. Finger Tied Jr. will test your mental, as well as your finger abilities! Finger Tied Jr. can be played entirely by yourself, but for even more fun, invite some friends over and Finger Tied Jr. makes a great party game!

Forum Thread: Finger Tied Jr. – (by Streaming Colour Studios)


Go Round

GoRoundScreenshotiPhone1GoRoundScreenshotiPhone1 GoRoundScreenshotiPhone2GoRoundScreenshotiPhone2

App Store Description:

Make color matches to push pieces towards the center of the rings. Plan carefully, as sometimes your path will be blocked. Play at your own pace, using strategy and skill to complete each level before all the rings disappear.

- 100 handcrafted levels
- New gameplay twists every 5 levels
- Difficulty increases as your skills increase
- Earn coins every time you play
- Boosters to help you when you’re stuck
- Share your journey progress with friends
- Color blind mode available

Forum Thread: Go Round – by Little White Bear Studios [Universal]


Hyper Breaker Turbo

First Impressions: ‘Hyper Breaker Turbo’ is the Newest Brick Breaker on the Block, and It’s Pretty Darn Good

The part that stands out about Hyper Breaker Turbo to me are its elongated levels. As you break through a set of block barriers you can continue to go up in the level, with more block formations and obstacles for you to deal with. It’s a nice change from the usual single-screen levels in similar games, and once you do end up making it to the goal your score is tallied and you’re given up to a 4-star rating for completion. You don’t have to break every block to complete a level, but doing so will earn you more points and thus give you a better shot at earning more stars, which are used for unlocking additional themes and sets of levels later in the game.

Forum Thread: Hyper Breaker Turbo – (by Barry Kostjens) [Universal]


Jane Wilde

App Store Description:

Get on board with this awesome Wild West pick-up-and-play shooter! This is an all new side scrolling shooter game where your mission is to stay alive while killing as many undead creatures as possible. To aid in your quest you have five upgradable weapons, including: revolvers, shotgun, gatling gun, a “Freeze” bow and the all-powerful fishgun! Additionally, you have seven quirky, yet effective powerups to help you survive any sticky situations. Take pleasure in shooting, kicking and bombing tons of twisted creatures, such as vampires, bats, skeletons, centaurs and many more! What are you waiting for? Hours of unobstructed, undead-obliteration await!

Forum Thread: Jane Wilde – (by Level Bit) [Universal]


Men’s Room Mayhem

First Impressions: ‘Men’s Room Mayhem’ Tasks You with Directing Traffic when Nature Calls

Men’s Room Mayhem is a pretty straightforward line-drawing game. You’re given a top-down view of a bathroom, with 3 urinals on one wall, a toilet stall down in the corner, and a couple of sinks near the exit. As people walk in they’ll give you and indication of whether it’s “number one” or “number two” and you simply draw a path from them to the appropriate facility. Of course, just as you need to avoid planes crashing into each other in the granddaddy line-drawer Flight Control, if two bathroom patrons’ paths cross during the course of their potty break, a knock-down drag-out fight will ensue.

Forum Thread: Men’s Room Mayhem – (by Ripstone Ltd) [Universal]


Poker Night 2

App Store Description:

The chips are down and the ante is up in this sentence already bursting with poker clichés!

Take the fifth seat in Poker Night 2 and go all in at a table featuring Claptrap (Borderlands 2), Brock Samson (The Venture Bros.), Ash (Army of Darkness) and Sam (Sam and Max series). Your dealer is GLaDOS (Portal series), but at no point will you be considered as a candidate for a visit to Aperture Science’s Enrichment Center. Unless you lose.

- Listen to your new poker buddies’ hilarious banter discussing life, Rusty Venture’s underwear and other amusing anecdotes!

- Unlock in-game bounties including themed tables, chips, cards and other awesome items!

- Play either Texas Hold ‘em or the slightly less popular Omaha Hold ‘em. No one knows why it’s less popular. Omaha is a great place.

Forum Thread:


Quell Memento

App Store Description:

Set within an old abandoned house, the player restores order to the jumbled memories of the last occupant, and in doing so embarks on a haunting journey of self-discovery and reflection.

* Over 150 cunningly crafted puzzles!
* Perfectly balanced difficulty curve!
* HD and Retina support hand-painted art!
* Universal app with iCloud integration
* GameCenter Achievements and Leaderboards
* New soundtrack by composer Steven Cravis

Forum Thread: Quell Memento – (by Bulkypix) [Universal]


Sci-Fighters

mzl.ihirwdramzl.ihirwdra

App Store Description:

Designed by FlukeDuke – the creator of “The Impossible Game” – comes a fast-paced actiongame playable with two players on one device!
The games idea is as simple a addicting: You and 3 opponents are set in an arena which is haunted by a monster. Each player tries to be the last man standing using classical 2d-gameplay mechanics. By using different weapons like flash grenades, a monster potion (turning you into a monster), an ice-rifle or even an automatic laser you are fighting for your life over and over again.

Forum Thread: Sci-Fighters – (by Headup Games GmbH Co KG) [Universal]


Stickman Tennis

First Impressions: ‘Stickman Tennis’ is a Simple but Fun Game of Mobile Tennis

You’ll guide your stickman through 64 different tournaments in the single-player campaign, or just hop right into a one-off quick game. You have the option of having your character auto-run to the ball or you can choose to control his movement manually. You can also choose from 3 opponent difficulty levels and the length of each match.

Stickman Tennis is controlled with a virtual stick for movement (or just for shot direction, if you choose the auto-run option) and a set of 3 virtual buttons – one each for a lob, slice, or topspin shot. You’ll hold down the button of the type of shot you want to hit, and when the ball is near you release it to perform the shot. How well you hit that shot is all based on timing, so let go too early or too late and it won’t result in an optimum shot.

Forum Thread: Stickman Tennis – (by Djinnworks)


Zombie Fish Tank

First Impressions: Chillingo’s ‘Zombie Fish Tank’ Is Coming Tonight

Zombie Fish Tank is yet another competent, level-based arcade action game with a three-star rating system being published by Chillingo. Its hook is a “devouring” mechanic. In the game, you play as a ghoulish fish and are tasked with eating other freakish fish. As you gobble these dudes up, your fish gets bigger. Eventually, he gets big enough to chow down on the larger fish swimming around in a given level. If you accidentally run into a bigger fish before your own is large enough to take him on, he’ll eat you instead.

Forum Thread: Zombie Fish Tank – (by Chillingo Ltd) [Universal]

Publicado por: TouchArcade - Continue lendo: http://toucharcade.com/feed/

Tags:

Como nós imaginamos a internet antes da internet existir

Em alguns anos, os homens serão capazes de se comunicar com mais eficiência através de uma máquina do que cara a cara. Parece óbvio hoje em dia. Mas e em 1968, um ano antes da ARPANET fazer a primeira conexão? Era clarividência.

Às vezes uma visão do futuro pode ser tão precisa que é difícil para nós que vivemos no futuro entender o que tinha de tão visionário naquilo. Poucas pessoas olhavam para essas máquinas monstruosas naquele tempo e achavam que elas seriam ótimas facilitadoras de encontro um dia. A ARPANET foi criada para compartilhar recursos entre acadêmicos e outras pessoas sérias. Nos seus primórdios, essas redes não eram vistas como uma ferramenta para coisas como pedir pizza ou compartilhar GIFs de gatos com pessoas do mundo inteiro.

Conectando pessoas

O elemento humano – a ideia de pessoas médias interagindo com computadores, mas mais importante ainda, com outras pessoas – não era uma das preocupações das pessoas que lançaram as bases da internet que conhecemos. E é isso que faz esse artigo de 1968 que previu a extensão do elemento humano tão especial.

O artigo foi escrito por J.C.R Licklider e Robert Taylor, ilustrado por Rowland B. Wilson, e apareceu na edição de abril de 1968 da Science and Technology. O artigo inclui algumas das previsões mais incríveis e precisas de como os computadores em rede funcionariam. Incrivelmente precisas e com um toque retro-futurista que mantém firmemente como um produto do seu tempo.

Pegue a caneta óptica. A imagem do topo mostra uma caneta óptica dos anos 60 e imagina como um romance aumentado pelo computador poderia acontecer. O computador, como vemos, melhora o desenho do rapaz de uma forma que torna o pedido dele menos repugnante. A stylus auto-corretiva talvez ainda não existe, mas o OkCupid e outros cupidos digitais fazem parte da vida digital.

ku-xlarge (11)

O artigo corajosamente prevê que as redes computadorizadas do futuro serão ainda mais importantes para a comunicação do que a “imprensa e o tubo de imagem” – uma ideia que não era dada como certa em 1968.

Comunicação interativa e criativa requer um meio plástico moldável ou que pode ser modelado, um meio dinâmico, no qual instalações vão fluir em consequência, e acima de tudo um meio comum que pode ser contribuído por e experimentado com todos.

Um meio assim existe – o computador digital programado. Sua presença pode mudar a natureza e valor da comunicação ainda mais profundamente do que o cinescópio e a imprensa, pois, como veremos, um computador bem programado pode fornecer acesso direto tanto aos recursos informacionais quando ao processo para fazer uso dos recursos.

O artigo prevê que a interação pessoal que a rede de computadores permite não apenas vai construir a relação entre indivíduos, como vai desenvolver comunidades.

Como as comunidades interativas online serão? Em muitos campos elas vão consistir em membros geograficamente separados, algumas vezes agrupadas em pequenos aglomerados e às vezes trabalhando individualmente. Elas vão ser comunidades não de localização em comum, mas de interesses em comum. Em cada campo, a comunidade em geral de interesse vai ser grande o suficiente para suportar um sistema compreensivo de programas e dados de campo orientados.

Google Now lá atrás

O artigo ainda aponta para uma verdadeira Internet das Coisas (que aparentemente justificaria o alto custo dos gadgets, ou “instrumentos de coleta de dados”).

Em cada setor geográfico, o número total de usuários – somado a todos os campos de interesses – será grande o suficiente para suportar o uso geral do processamento de informações e instalações de armazenamento. Tudo isso será interconectado por canais de telecomunicações. O todo vai constituir uma rede instável de redes – sempre em transformação tanto em conteúdo quanto em configuração.

O que estará lá dentro? Cada transação informacional de consequência suficiente para justificar o custo. A máquina de escrever da secretária, cada instrumento de coleta de dados, cada microfone de ditado, tudo será integrado à rede.

ku-xlarge (12)

A ideia de tecnologia como um amortecedor certamente é atraente. E em teoria, coisas como e-mail podem nos servir como amortecedores. Quando se trata deles, você só precisa checar seu e-mail quando quiser checar, e ninguém está forçando você a responder. Esse tipo de coisa, obviamente, é mais difícil de fazer quando um vendedor de seguros fisicamente bate na sua porta.

Licklider e Taylor chamaram a ferramenta de amortecimento futurista de OLIVER, um tipo de assistente pessoal automatizado usado por todo mundo. OLIVER atua com inteligência, aprendendo o que deve ser priorizado para o seu usuário.

Uma parte muito importante da interação de cada homem com a sua comunidade online será mediada por seu OLIVER. A sigla OLIVER homenageia Oliver Selfridge, idealizador do conceito. Um OLIVER é, ou será quando existir, um “despachador e respondedor interativo indireto online”, um complexo de programas e dados de computadores que estarão dentro a rede e agirão para o bem de seu diretor, tomando conta de muitas questões pequenas que não exigem a sua atenção pessoal e retendo-o do mundo exigente. “Você está descrevendo um secretário”, você diz. Mas não! Secretários também terão OLIVERs.

Ao seu comando, seu OLIVER tomará notas (ou parará de tomar notas) no que você faz, o que você lê, o que você compra e onde você compra. Ele saberá quem são seus amigos e quem são apenas conhecidos. Saberá a sua estrutura de valor, quem você prestigia, com quem você estará e com qual prioridade, e quem pode ter acesso aos seus arquivos pessoais. Ele vai saber suas regras de organização referentes a informações exclusivas e as regras do governo relacionadas com a classificação de segurança.

Algumas partes do seu OLIVER serão parecidas com as de outras pessoas, outras serão personalizadas para você, ou por você, ou se desenvolverão ao “aprender” com suas experiências.

Em uma época de telegramas e telefonemas, os autores imaginaram as redes de computadores como substitutos incríveis para ineficiências. Mesmo viagens de trabalho, eles insistiram, seriam coisas do passado.

Você não enviará uma carta ou telegrama: vai simplesmente identificar as pessoas cujos arquivos devem ser vinculados aos seus e as partes que eles devem ser vinculados – e talvez um quociente de eficiência exclusiva. Você raramente fará uma ligação; vai pedir para a rede ligar seus consoles.

Você raramente fará uma viagem de trabalho, já que ligar consoles será muito mais eficiente. Quando você visitar outra pessoa com o objeto de comunicação intelectual, você e ele vão se sentar em um console de dois lugares e interagir quase como se estivessem frente a frente. Se a nossa extrapolação da reunião de Doug Engelbart se provar correta, você vai gastar muito mais tempo em conferências facilitadas por computadores e muito menos tempo na estrada para reuniões.

Se o OLIVER e outras eficiências online do artigo parecem tão familiares, é porque eles são o objetivo final do Google Now e Siri: tecnologia que conhece você tão bem, que pensa – e às vezes vive – por você.

Uma utopia digital

No final, Licklider e Taylor preveem que toda essa interconexão vai nos fazer feliz e até que o desemprego será coisa do passado. A visão deles de todo mundo sentando em um console, trabalhando “através da rede” é incrivelmente precisa para uma sociedade baseada na informação que há 50 anos atrás parecia muito menos obcecada por tecnologia.

Quando as pessoas fizerem seu trabalho “no console” e “através da rede”, a telecomunicação será uma extensão natural do trabalho individual como a comunicação frente-a-frente é hoje. O impacto deste fato, e a facilitação do processo de comunicação, será ótimo – tanto individualmente quanto em sociedade.

Primeiro, a vida será mais feliz para o indivíduo online porque as pessoas com quem ele interage são mais selecionadas por interesses em comuns e objetivos do que por acidentalmente por proximidade. Em segundo lugar, a comunicação será mais eficiente e produtiva, e mais agradável. Em terceiro, muito da comunicação e interação serão feitas com programas e modelos programados, que serão (a) altamente responsivos,(b) suplementares à capacidade de cada um, em vez de competitivas, e (c) capazes de representar progressivamente ideias mais complexas sem necessariamente mostrar todos os níveis de estrutura ao mesmo tempo – o que ao mesmo tempo será desafiante e recompensador. E, em quarto, existirão muitas oportunidades para todos (que puderem comprar um console) encontrarem sua vocação, para todo o mundo de informação, com todos os campos e disciplinas, estarão abertos para ele – com programas prontos para guiá-lo e ajudá-lo a explorar.

A principal questão, eles insistem, é se todo mundo poderá pagar para estar online. Assim que esse obstáculo for vencido, o impacto deste admirável novo mundo na sociedade será somente positivo:

Para a sociedade, o impacto será bom ou ruim, dependendo da questão principal: “Estar online” será um privilégio ou direito? Se apenas um segmento favorecido da população tiver chance de aproveitar as vantagens da “amplificação da inteligência”, a rede poderá exagerar a descontinuidade no espectro de oportunidade intelectual.

Por outro lado, se a ideia de rede provar fazer pela educação o que alguns imaginam que poderá, talvez não em planos concretos detalhados, e se todas as mentes provarem serem ágeis, sem dúvida, o benefício para a humanidade seria espetacular.

O artigo é uma fascinante explicação de tecnologia de redes de computadores escrito meses antes da internet dar os seus primeiros passos. Novamente, muitas das previsões não parecem incrivelmente futuristas quando lemos elas no século XXI. Mas é exatamente isso que faz ser tão impressionante.

Você pode ler o artigo inteiro, em inglês, aqui. Agradecimentos a Morten Bay por me enviar o artigo.

Send to Kindle

lua 1836

11/04/2013 – Como as pessoas em 1836 achavam que era a Lua

Walter Cronkite.

31/01/2013 – Como achávamos que seria o ano 2001 em 1967?

microsoftfuturo

01/03/2013 – Microsoft acredita que o futuro será cheio de touchscreens e comandos de voz

throstenheins

22/03/2013 – CEO da BlackBerry quer que smartphones, tablets e laptops sejam um dispositivo só

<!–

Anterior

Twitter finalmente libera verificao em dois passos, mas ela pode no funcionar no Brasil

Prximo

–>

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

Este HDD de laptop com 1,5TB de espaço é o mais denso em memória que você pode comprar

Por mais que SSDs sejam rápidos, eles ainda não conseguem oferecer as mesmas capacidades que os humildes HDDs conseguem. Especialmente este, com 1,5TB, que é o disco mais denso em memória que você consegue comprar agora.

O Travelstar 5K1500 tem 2,5 polegadas e apenas 9.5mm de profundidade. Com 1,5TB de armazenamento, isso significa que ele oferece 694GB por polegada quadrada – sendo com facilidade o HDD mais denso do mercado. Ele consome apenas 1.8W, mas tem um lado ruim: gira a 5400rpm, então não é um dos discos mais rápidos que você vai usar.

Ainda assim, se o seu laptop tem problema para guardar todos os vídeos, música o que mais você escolher colocar nele, este pequeno cara pode dar a ajuda que você precisa. Ainda não há informações sobre preço, mas ele estará disponível em junho. [Engagdet]

Send to Kindle

Surface RT em uma Microsoft Store.

29/01/2013 – O Surface Pro de 64 GB deixa apenas 23 GB de espaço livre para o usuário. Por quê?

hard-drives

01/03/2013 – Graças ao HTML5, um site pode encher seu disco rígido inteiro com fotos de gatos

seagatedrive

09/03/2013 – [Review] Seagate Wireless Plus: o drive portátil que cria sua própria rede Wi-Fi

bittorrentsync

23/04/2013 – Crie sua própria nuvem de armazenamento pessoal com o BitTorrent Sync

<!–

Anterior

HTC em queda livre: cinco altos executivos deixam a empresa

Prximo

–>

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

‘Stickman Tennis’ is a Simple but Fun Game of Mobile Tennis

374864_larger374864_largerAs we mentioned at the beginning of the month with the release of Stick Stunt Biker 2 [Free], Djinn Works are the most prolific producers of stick-figure based mobile games. They crank them out at a brisk pace, but they always end up being pretty darn fun little games. Not even a month later and already they are back with another title, this time taking on the world of tennis with Stickman Tennis [$0.99].

Strangely, there aren’t a whole lot of options for tennis fans on the App Store, and even Sega’s mobile rendition of their popular tennis franchise Virtua Tennis Challenge [$4.99 / Free] was kind of a letdown when it released last year. However, for a somewhat simplistic, arcadey game of tennis, Stickman Tennis delivers.

The setup is simple. You’ll guide your stickman through 64 different tournaments in the single-player campaign, or just hop right into a one-off quick game. You have the option of having your character auto-run to the ball or you can choose to control his movement manually. You can also choose from 3 opponent difficulty levels and the length of each match.

Stickman Tennis is controlled with a virtual stick for movement (or just for shot direction, if you choose the auto-run option) and a set of 3 virtual buttons – one each for a lob, slice, or topspin shot. You’ll hold down the button of the type of shot you want to hit, and when the ball is near you release it to perform the shot. How well you hit that shot is all based on timing, so let go too early or too late and it won’t result in an optimum shot.

And… that’s pretty much it. Like I said, this is a simple game, but a fun one. The performance is smooth and the AI appears to be pretty competent, at least in the early goings. This isn’t some deep tennis simulation game, but for what it is I’m enjoying it a lot. It feels like a good fit for mobile. Stickman Tennis is out worldwide already, so if you’re interested grab it with the link below or check in with the forum community for more impressions. Also, if you’re an iPad gamer you’re out of luck at the moment, but a Universal update is in the pipeline.

Publicado por: TouchArcade - Continue lendo: http://toucharcade.com/feed/

Tags: