Receba atualizações no seu Facebook. Basta curtir a nossa página abaixo:

 

A Nova Zelândia confundiu um balão do Projeto Loon do Google com um avião caindo

Encher os céus com balões de internet pode não ser bem interpretado por algumas pessoas – e, na Nova Zelândia, um dos balões do Projeto Loon do Google foi confundido com um acidente de avião, fazendo com que serviços de emergência fossem acionados.

De acordo com o The Wall Street Journal, os serviços de emergência da Nova Zelândia foram acionados hoje – incluindo um helicóptero de resgate – após observadores acharem que um avião havia caído. As equipes chegaram à costa leste da ilha sul da Nova Zelândia e encontraram um dos balões do Google boiando na água.

 Os primeiros passos do Projeto Loon no Brasil, que leva internet via balões do Google

O Google confirmou que de fato um dos seus balões caiu no mar na costa da Nova Zelândia, explicando que “é difícil manter os balões em um lugar por causa dos ventos predominantes.” O Google tem equipes preparadas para recuperar balões que caem, então é bem constrangedor que serviços de emergência tenham sido acionados por causa de uma queda.

Não é a primeira vez que a queda de um balão do Loon causa problemas: no começo do ano, um caiu em um campo em Yakima, no estado de Washington, nos EUA, fazendo com que a eletricidade fosse cortada para residentes da área. Ambos os incidentes são lembretes de que encher nossos céus com balões, drones, quadricópteros e sabe-se lá mais ou que pode causar alguns problemas também. [WSJ via Verge]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


Captura de Tela 2014-06-20 às 16.22.53

Três novos jogos para Chrome para você matar o tempo entre um jogo da Copa e outro


Android e a galera.

Próxima versão do Android vai acelerar apps e economizar bateria com ART


projet loon two balloons

Projeto Loon, do Google, pode estar disponível para o público no ano que vem


youtube sad

Google está disposto a estragar o YouTube para lançar streaming de música


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


O exoesqueleto de Nicolelis fez uma brevíssima aparição na abertura da Copa

O exoesqueleto de Nicolelis fez uma brevíssima aparição na abertura da Copa


Por que o exoesqueleto de Nicolelis teve tão pouco destaque na abertura da Copa

Por que o exoesqueleto de Nicolelis teve tão pouco destaque na abertura da Copa


E se a Terra parasse de girar agora?

E se a Terra parasse de girar agora?


Pâncreas biônico conectado a smartphone pode facilitar a vida de quem tem diabetes

Pâncreas biônico conectado a smartphone pode facilitar a vida de quem tem diabetes

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

E se você fosse dono de toda a informação da internet?

Pesquisas sobre Inteligência Artificial fascinam e são sempre carregadas de preocupações sobre seus incalculáveis riscos e benefícios. Nunca se sabe as reais intenções e quem está por trás do desenvolvimento dessa tecnologia, que começou a ganhar corpo logo após a Segunda Guerra Mundial. Para estudiosos, uma máquina não-biológica inteligente é impossível. Entre os que admitem sua viabilidade, há os que dizem ser um fato anti-humano e imoral. Mas Will Caster já conseguiu.

Um sujeito simples que adora sua esposa e faz as palavras cruzadas no jornal toda manhã, Caster dedica sua vida a um projeto revolucionário, que busca criar um computador consciente chamado PINN (ou Rede Neural Fisicamente Independente), capaz de combinar a inteligência coletiva de tudo o que foi produzido na História com todas as possibilidades de emoções humanas.

Tudo parece caminhar bem até Caster ser vítima de um atentado orquestrado por extremistas pertencentes ao movimento R.I.F.T. – Revolução Independente pelo Fim da Tecnologia, uma organização que prega a evolução sem tecnologia. Eles não medem esforços para alcançar seus objetivos, nem que tenham que matar para deter a crescente dependência por máquinas cada vez mais autossuficientes.

A tentativa de impor limites a um mundo mais eficiente e autossustentável usando tecnologia falha, e abre espaço para a realização daquilo que eles mesmos mais temiam. A esposa de Will, Evelyn Caster, que é cientista de computação e também trabalha no projeto, não permitirá que a morte leve o amor de sua vida. Ela convence seu melhor amigo, o neurobiólogo Max Waters, a ajudá-la a “salvar” seu marido da única maneira possível: carregando Will no PINN, dando a ele, assim, a chamada transcendência.

Mas Caster não é apenas um mero cientista, ele é mais um personagem vivido pelo aclamado ator Johnny Depp. E o estudo de Inteligência Artificial não é um simples apego à ciência, é Transcendence – A Revolução, novo filme que acabou de chegar aos cinemas do Brasil. Também fazem parte do elenco Paul Bettany, Rebecca Hall e Morgan Freeman e o longa marca a estreia de Wally Pfister (A Origem) como diretor.

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


O exoesqueleto de Nicolelis fez uma brevíssima aparição na abertura da Copa

O exoesqueleto de Nicolelis fez uma brevíssima aparição na abertura da Copa


Por que o exoesqueleto de Nicolelis teve tão pouco destaque na abertura da Copa

Por que o exoesqueleto de Nicolelis teve tão pouco destaque na abertura da Copa


E se a Terra parasse de girar agora?

E se a Terra parasse de girar agora?


Pâncreas biônico conectado a smartphone pode facilitar a vida de quem tem diabetes

Pâncreas biônico conectado a smartphone pode facilitar a vida de quem tem diabetes

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

‘Angry Birds Epic’ Review – The Birds Return In This Free-to



They ventured into outer space, starred in their own cartoon series, and even wrestled with the idea of Go-Kart racing, but now our favorite feathery icons have left their physics puzzling roots behind and nose-dived into an all new medium. Sticking with the all-familiar theme, (involving birds, pigs, and the ever iconic eggs), the feathered flock have found themselves yet again in the midst of an all-out war, and in the form of a cute strategic RPG nonetheless. Angry Birds Epic [Free] is, underneath it all, a game with familiar role-playing mechanics, but a far cry from the norm; there’s no princess to rescue or the customary “chosen one”, nor are their side-quests to unlock or towns to explore. No, Angry Birds Epic is a non-stop consecutive procession of turn-based fights that are selected from a slightly linear (and rather Mario-esque) map.

Combat starts off fairly simple; you drag a bird to the target in order to attack, and tap on the enemy to trigger a defense move. Dragging one ally to another will in turn buff their stats, and there’s also a hot chilli pepper (yeah, what?) that involves some kind of crazy special move.

ABE002ABE002

As you advance, you’ll rescue and retrieve more feathered friends along the way, each one with its own variety of hardcore stats and special attacks hidden behind those feathery forms. Though the game seems fairly straightforward, there’s a lot of depth to discover underneath each layer. This includes an extensive bestiary of bad piggies to fight who each have their very own tactics, and a whole variety of typical RPG-like elements to uncover in-game, such as crafting new weapons, using loot to brew potions and swapping headgear to switch to a completely new class.

The battles can be a little repetitive after a while, no word of a lie, but the fights are enjoyable for the most part. More entertaining than most RPGs is the ability to switch between a variety of attacks and spells in order to defeat the baddies. Once the game opens up a little and you finally have a crew of badass birdies to kick some butt, it certainly becomes more entertaining and less tiresome.

ABE004ABE004

Daily rewards such as the golden pig will keep you coming back for more goodies, alongside additional bonuses in the form of a roulette wheel whenever you defeat some enemies and complete a mission. Coins can take a hell of a long time to accumulate so those who tend to like things to move a little faster than the norm will probably submit to purchasing more via the dedicated store, especially further down the line when the game opens up some. The game will become more challenging as you advance, and so IAP gradually becomes more necessary as you continue.

Unfortunately, though the game is altogether an enjoyable experience, the incessant nagging to part with your pennies can get a little grating after some time. One aspect that Angry Birds doesn’t fall short on is how much the game relies on monetisation and how often it will nag you to dig deeper into those pockets. You can spend money on potions to resurrect birds, buy special items (such as the Golden Chilli) and pay to re-spin the roulette wheel, perhaps resulting in bigger and better items and goodies.

As the game progresses, it definitely becomes more challenging, and enemies will become much harder to defeat. It’s easy to complain that grinding isn’t fun, but if you’re familiar with the typical RPG genre, this is something that has been a huge contributor since the early years.

Perhaps those who are not really familiar with the genre will struggle a little to get to grips with it, and there’s not really a huge deal to offer fans of the brilliantly acclaimed physical puzzler, but Angry Birds Epic is a joy to play if you like a unique and rather weighty in-depth challenge. There’s a whole host of content unique to the game and overall, the cartoony visuals are beautifully polished and eye-pleasingly delightful.

Angry Birds Epic is for the most part enjoyable, but it’s let down considerably by its endless IAPs and continual nagging.That said, it’s a great introduction to the RPG mechanics for those who want to dip their toes in a little and try something new.

Publicado por: TouchArcade - Continue lendo: http://toucharcade.com/feed/

Tags:

Veja como o campo magnético da Terra está mudando

Quando o campo magnético da Terra muda, coisas estranhas acontecem. Agora, o sistema de satélites Swarm, da Agência Espacial Europeia, mostrou como exatamente o magnetismo do nosso planeta está mudando.

Lançado em 2013, o Swarm é formado por três satélites que medem a força do campo magnético da Terra remotamente. Esses novos resultados são baseados nas mudanças nos sinais magnéticos provenientes do núcleo da Terra; azul significa que o campo está diminuindo, magenta significa que está aumentando.

As medidas feitas nos últimos seis meses confirmaram a tendência geral que esperávamos ver: um enfraquecimento gradual no campo do planeta. Na verdade, os declínios mais intensos são no hemisfério ocidental, especialmente próximo à América do Norte.

Mas eis as particularidades. O campo magnético sobre a parte sul do Oceano Índico se fortaleceu desde janeiro, por exemplo. E os resultados também mostram que o norte magnético continua se movendo em direção à Sibéria.

Ao longo dos próximos meses, pesquisadores vão investigar ainda mais os dados para entender como contribuições magnéticas de outras fontes – o manto, crosta, oceanos, ionosfera e magnetosfera – afetam também o nosso campo. [ESA]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


observatorio

Pesquisadores de descoberta relacionada ao Big Bang recuam em suas declarações iniciais


esnet

Cientistas dos EUA usam uma rede sombria que é 100x mais rápida do que a internet da sua casa


caries

Dentistas encontraram uma forma indolor de tratar cáries que realmente pode funcionar


fone de ouvido

Vencedores do Ig Nobel explicam por que seus fones de ouvido viram um emaranhado


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


O exoesqueleto de Nicolelis fez uma brevíssima aparição na abertura da Copa

O exoesqueleto de Nicolelis fez uma brevíssima aparição na abertura da Copa


Por que o exoesqueleto de Nicolelis teve tão pouco destaque na abertura da Copa

Por que o exoesqueleto de Nicolelis teve tão pouco destaque na abertura da Copa


E se a Terra parasse de girar agora?

E se a Terra parasse de girar agora?


Pâncreas biônico conectado a smartphone pode facilitar a vida de quem tem diabetes

Pâncreas biônico conectado a smartphone pode facilitar a vida de quem tem diabetes

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

Hackers fizeram engenharia reversa em ferramentas de espionagem da NSA

Além de expor todas as coisas ruins feitas pela NSA e outras agências clandestinas pelo mundo, os documentos vazados por Edward Snowden permitiu que hackers fizessem engenharia reversa em algumas das ferramentas usadas pela NSA para nos espionar.

Entre os detalhes nefastos da constante vigilância feita pela agência, o catálogo Advanced Technology Network – uma lista de gadgets usados pela NSA para espionar computadores e telefones – foi incluído nos documentos vazados.

Uma equipe de pesquisadores de segurança liderados por Michael Ossmann usaram as informações para reconstruir dois dispositivos de vigilância usados pela NSA. Os dispositivos, chamados “retro refletores”, são pequenos transmissores de dados sem fio via rádio, que, quando colocados em um computador ou teclado, permite que informações sejam coletadas (como teclas digitadas ou imagens da tela) mesmo quando o aparelho não está conectado à internet.

Ossmann diz que apresentará suas descobertas durante a Defcon, e mostrará a outras pessoas como fazer para se proteger de futuros hacks da NSA – se é que isso é possível. [New Scientist via Engadget]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


Symbian

Nokia teve que pagar milhões de euros após chantagem envolvendo seu software


find my iphone russo

Hackers suspeitos de “sequestrar” dispositivos iOS são detidos na Rússia


sabu

Como um ex-Anonymous e informante do FBI ajudou a coordenar ciberataques no Brasil


Hacker ninja

Rainha Elizabeth II acha que alguns hackers devem ser condenados à prisão perpétua


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


O exoesqueleto de Nicolelis fez uma brevíssima aparição na abertura da Copa

O exoesqueleto de Nicolelis fez uma brevíssima aparição na abertura da Copa


Por que o exoesqueleto de Nicolelis teve tão pouco destaque na abertura da Copa

Por que o exoesqueleto de Nicolelis teve tão pouco destaque na abertura da Copa


E se a Terra parasse de girar agora?

E se a Terra parasse de girar agora?


Pâncreas biônico conectado a smartphone pode facilitar a vida de quem tem diabetes

Pâncreas biônico conectado a smartphone pode facilitar a vida de quem tem diabetes

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,