Receba atualizações no seu Facebook. Basta curtir a nossa página abaixo:

 

RemoveWAT Windows 7

Versão atualizada do RemoveWAT

Tags: , , , , , , , ,

Xperia Z4 Tablet: fino, elegante e com aspirações de laptop

O novo Sony Xperia Z4 Tablet é mais fino, mais leve e mais potente que seu antecessor, o Xperia Z2 Tablet que vimos há um ano. (Não existiu um Z3 Tablet, apenas uma versão Compact menor.) Seu maior destaque é o teclado acoplável com touchpad, que o transforma em um PC com Android.

O tablet da Sony tem a mesma espessura do iPad Air mais recente (6,1 mm) e é mais leve, com míseros 389 g na versão Wi-Fi. Ele é feito de plástico, no entanto. Assim como o Z2 Tablet, ele parece tão leve que é quase inacreditável.

A tela de 10,1 polegadas é simplesmente linda: são 2560×1600 pixels que resultam em 299 pixels por polegada – uma densidade impressionante. Por dentro, temos o potente Snapdragon 810, 3 GB de RAM, WiFi com MIMO que acelera a conexão, e 6.000 mAh de bateria. E ainda há um modelo com 4G LTE. Nada mal.

Xperia Z4 Tablet - hands-on (1)

Todo o dispositivo é resistente à água, e não tem mais uma tampa irritante para cobrir a porta microUSB. Eba! Agora você não precisa ficar abrindo e fechando aquela pecinha na hora de recarregar o tablet. A Sony só pede que, antes de ligar a porta microUSB à energia elétrica, você a seque caso o tablet entre em contato com água.

O Z4 Tablet é resistente à água em até 1,5 m de profundidade por 30 minutos. Ele aguenta água doce e piscinas cloradas (desde que seja lavado em água doce depois); só não mergulhe com ele na água do mar.

Para uso geral, incluindo assistir filmes, navegar na web, e até mesmo jogar games do PlayStation 4 via Remote Play, o Z4 é definitivamente um ótimo tablet.

Xperia Z4 Tablet - hands-on (5)

Além disso, ele se transforma em um dispositivo dois-em-um se você comprar o teclado superfino separadamente. A partir dele, podemos controlar qualquer aspecto do dispositivo: há botões dedicados para abrir a gaveta de notificações e para ativar os botões Voltar, Home e Multitarefa.

Ele também incorpora um touchpad, como se fosse um laptop convencional, por isso surge um cursor na tela tal qual em um PC. O tablet vem pré-instalado com o Microsoft Office para tablets Android: some isso a um teclado e cursor, e o resultado é mais próximo a um híbrido ou conversível com Windows.

Xperia Z4 Tablet - hands-on (4)

A Sony não diz quanto custará o teclado, mas é possível ter uma ideia aproximada: a Microsoft vende uma capa semelhante para o Surface por US$ 129. A empresa também vai lançar um adaptador que conecta o tablet a um projetor ou impressora.

Com a concorrência cada vez menor entre tablets de 10 polegadas, o Xperia Z4 Tablet definitivamente estará entre os melhores quando chegar ao mercado em junho, ainda sem preço definido. [Sony]

Xperia Z4 Tablet - hands-on (3)Xperia Z4 Tablet - hands-on (2)

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Galaxy S6 chega ao Brasil em abril custando cerca de R$ 3.000


Lumia 640 - hands-on (1)

[Hands-on] Lumia 640 e 640 XL: Windows Phones baratos com pacote Office para seu PC


OLYMPUS DIGITAL CAMERA

[Hands-on] Samsung Galaxy S6 Edge: as bordas do smartphone ficaram mais úteis


OLYMPUS DIGITAL CAMERA

[Hands-on] Samsung Galaxy S6: tela incrível, traseira de vidro e TouchWiz mais limpo


É possível recarregar o cérebro humano?

É possível estimular o cérebro humano para melhorá-lo?


viajante futuro

Um breve histórico dos cientistas que tentaram caçar viajantes do tempo


programador

Conselhos de um velho programador antissocial e ranzinza


The Fermi Paradox (1)

O Paradoxo de Fermi: onde é que estão as outras Terras?


Chrome e Firefox

Dane-se o Chrome, eu vou voltar para o Firefox


Pirâmide detonada

A pirâmide mais antiga do Egito está sendo destruída pela empresa contratada para restaurá-la


buraco

Dois novos buracos gigantes são encontrados na Sibéria, e cientistas ainda estão perplexos


tr50tlimvxaydsgqktcq

Rio na China amanhece vermelho misteriosamente

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

‘Badland’ Update #23 Brings New Co-Op Levels, Achievements, and Missions

The Badland [$3.99] update train keeps rolling along! Update #23 for the hit platformer is out now, and it brings the levels added to the Daydream level pack earlier to the game’s co-op mode, so up to four players can go through those levels together. While those levels were free at one point in time, they can now be had for $0.99, along with the Doomsday level pack. Even if you’ve already played the levels, you can now collect 4 new achievements and play 30 new missions in the game.

Badland has been regularly updated since its initial release, and there’s nothing to suggest that more content isn’t on the way. The game is also making the leap to other platforms, where it will be interesting to see how people take to the one-touch gameplay of Badland on systems where physical controls are the norm. Future Badland games are in the works, and while they have a lot to live up to with the critical and financial success of Badland, I’m curious to see what Frogmind has up next.

Publicado por: TouchArcade - Continue lendo: http://toucharcade.com/feed/

Tags:

[Hands-on] Samsung Galaxy S6: tela incrível, traseira de vidro e TouchWiz mais limpo

Circularam muitos rumores sobre o Galaxy S6, e agora ele se tornou oficial, trazendo um novo design, uma tela incrível e um desempenho respeitável no sistema e na câmera. Há também algumas notícias tristes, como a ausência de uma bateria removível e de suporte a cartões microSD. Vamos por partes.

 [Hands-on] Samsung Galaxy S6 Edge: as bordas do smartphone ficaram mais úteis

A tela mais incrível que meus olhos já viram

O Galaxy S6 tem uma tela AMOLED com 2560 x 1440 pixels, mas em apenas 5,1 polegadas. Isso significa uma densidade de 577 pixels por polegada. Este é o menor smartphone com uma tela nessa resolução. Tudo fica incrivelmente nítido.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Quando o representante da Samsung me disse que a resolução era 2560 x 1440, eu acabei soltando um riso alto. Foi completamente involuntário, mas ele não ficou nada satisfeito. Eu não pude me conter, por achar que isso era um exagero, e levaria um gasto desnecessário de bateria.

Para que tantos pixels? Duas palavras: realidade virtual.

Assim como o Galaxy Note 4, o Galaxy S6 também terá um headset Gear VR opcional. Você insere o smartphone, prende-o em sua cabeça, e lentes de aumento especiais levarão você a um mundo virtual. Ele tem basicamente o mesmo design do Gear VR atual, mas é feito para acomodar um smartphone menor. Claro, 2560 x 1440 pixels podem ser um exagero a olho nu, mas a resolução extra vem a calhar quando você dá zoom. Além disso, a Samsung precisa vender telas de alguma forma.

O design parece uma mistura de iPhone 4 com iPhone 6

A Samsung não copiou totalmente a Apple aqui: você consegue facilmente diferenciar o Galaxy S6 de um iPhone, mas há algumas semelhanças. Primeiro, a Samsung colocou um painel de vidro na traseira, dando adeus àquela capa de plástico removível com textura de band-aid. O vidro é Gorilla Glass 4, que promete não trincar se você o derrubar em concreto ou asfalto.

Claro, o iPhone 4 popularizou essa ideia de vidro na frente e atrás, mas outros smartphones – como o Sony Xperia Z3 – também seguiram essa ideia, e não são cópias da Apple.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Agora olhe para a parte de baixo, na borda de alumínio. É difícil não ver o iPhone 6 no smartphone mais recente da Samsung, especialmente ao vir combinada com os cortes de plástico para a antena.

Mas o Galaxy S6 tem seus próprios encantos. Por um lado, as bordas são notavelmente diferentes. No S6, as laterais são mais planas, em vez de manterem um design redondo como no iPhone 6. Por isso, ele é mais fácil de segurar, e não é escorregadio.

O leitor de digitais não requer que você deslize o dedo: basta tocar nele, e você desbloqueia a tela ou autoriza pagamentos via Samsung Pay. E apesar de ser feito de vidro e metal, o S6 é alguns milímetros mais fino e mais estreito que o Galaxy S5, e alguns gramas mais leve.

Eis algumas fotos de comparação entre o Galaxy S6 e o Galaxy S5:

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

A morte do TouchWiz foi exagerada

Rumores diziam que a Samsung deixaria de lado o bloatware horrendo que se tornou sinônimo de sua interface de usuário TouchWiz. Estávamos esperando que ele se tornasse realidade, pelo menos em parte.

Mas foi quase. A Samsung reduziu a lista antes interminável ​​de apps pré-instalados e botões: há apenas dois aplicativos pré-carregados da Samsung, o S Voice e S Health. Mas não dá para dizer que ele seja próximo ao Android padrão, como você pode ver no vídeo abaixo.

Houve também um boato de que veríamos uma enorme adoção de apps da Microsoft no Galaxy S6. Não é o caso: a Samsung vai oferecer dois anos de armazenamento no OneDrive para todos os novos donos do S6, e também vai pré-instalar o OneNote e Skype, mas eles não vão substituir os serviços do Google – serão apenas extras.

Ao ligar o S6, você se depara com uma interface bem semelhante a smartphones Galaxy anteriores, com um toque de Android Lollipop por cima. Meu breve hands-on foi bem agradável: o aparelho é incrivelmente rápido, com transições suaves, e me impressionou geral em geral – mas é TouchWiz.

As especificações de hardware estão fora de controle

Como seria de esperar de um aparelho top de linha, este smartphone não economiza em hardware. Além da tela Quad HD, temos 3 GB de RAM e um processador Samsung Exynos de oito núcleos, digno de competir com o Snapdragon 810.

Benchmarks preliminares mostram que eles têm desempenho bem próximo; e eu testei o LG G Flex 2, um dos primeiros smartphones com Snapdragon 810, que parece tão veloz quanto o S6.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A câmera traseira tem 16 megapixels e estabilização óptica de imagem; o sensor frontal tem 5MP. A câmera também possui HDR automático e equilíbrio de branco por infravermelho, usando o sensor IR do monitor de frequência cardíaca para testar os níveis de infravermelho ao redor. Bacana!

O app da Samsung para a câmera é muito rápido: pressione o botão Home duas vezes, e ela abre em apenas 0,7 segundo; o obturador também é muito rápido. A Samsung também criou um recurso que mantém um objeto constantemente em foco, não importa para onde ele se mova. Este GIF dá uma ideia de como isso funciona:

Samsung Galaxy S6 - camera

O S6 vem com uma bateria de 2.550 mAh, longe dos monstruosos 3.900 mAh encontrado no Moto Maxx, ou até mesmo dos 2.800 mAh no Galaxy S5. A Samsung não mencionou a duração esperada de bateria, mas este poderia ser um potencial calcanhar de Aquiles.

A bateria pode ser carregada a 50% em trinta minutos, e tem carregamento sem fio embutido nos padrões Qi e PMA. Talvez você precise usar esses carregadores com bastante frequência.

É o fim das baterias removíveis e armazenamento expansível

E quando essa bateria acabar de vez, você não poderá substituí-la facilmente. O painel de vidro na traseira significa que você não poderá retirar a bateria, nem adicionar um cartão microSD. Está ouvindo? Esse é o som de fãs da Samsung xingando em voz alta.

A Samsung diz que vai oferecer gratuitamente uma assinatura do OneDrive por dois anos para amenizar a situação. Eles também estão tentando minimizar o problema do armazenamento expansível: a Samsung diz que a maioria dos proprietários de smartphones usa apenas 20 GB de espaço, muitas vezes não sabe como usar a memória expansível de forma eficaz, e que o armazenamento interno é muito mais rápido. Por isso, haverá três versões do S6: 32 GB, 64 GB e 128 GB.

O Galaxy S6 será lançado mundialmente a partir de 10 de abril – a data para o Brasil será divulgada posteriormente – nas cores branco, preto, platina/dourado e azul. O preço ainda não foi revelado.

No ano passado, a Samsung lançou o Galaxy S5 em abril por R$ 2.599. É de se esperar que o preço do Galaxy S6 seja maior, dada a alta do dólar. Será que o veremos por R$ 2.899?

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Atualizado às 17h09

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


Samsung e carteira

Samsung Pay permite fazer pagamentos com o smartphone sem usar NFC


OLYMPUS DIGITAL CAMERA

[Hands-on] Samsung Galaxy S6 Edge: as bordas do smartphone ficaram mais úteis


HTC Grip - hands-on (1)

HTC Grip: uma pulseira volumosa para acompanhar seus exercícios físicos


HTC Vive

HTC Vive: este é o headset de realidade virtual da Valve


É possível recarregar o cérebro humano?

É possível estimular o cérebro humano para melhorá-lo?


viajante futuro

Um breve histórico dos cientistas que tentaram caçar viajantes do tempo


programador

Conselhos de um velho programador antissocial e ranzinza


The Fermi Paradox (1)

O Paradoxo de Fermi: onde é que estão as outras Terras?


Chrome e Firefox

Dane-se o Chrome, eu vou voltar para o Firefox


Pirâmide detonada

A pirâmide mais antiga do Egito está sendo destruída pela empresa contratada para restaurá-la


buraco

Dois novos buracos gigantes são encontrados na Sibéria, e cientistas ainda estão perplexos


tr50tlimvxaydsgqktcq

Rio na China amanhece vermelho misteriosamente

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

[Hands-on] Samsung Galaxy S6 Edge: as bordas do smartphone ficaram mais úteis

Durante anos, os principais destaques de um de smartphones eram processadores mais rápidos e telas melhores. Mas estamos chegando a rendimentos decrescentes, por isso algumas fabricantes resolveram usar truques mais explícitos para chamar a nossa atenção. É o caso do novo S6 Edge.

 [Hands-on] Samsung Galaxy S6: tela incrível e traseira de vidro

O Galaxy S6 Edge é basicamente um Galaxy S6 com uma tela curva especial, que se expande como uma pintura de Salvador Dalí por ambos os lados do smartphone. Dessa forma, você tem acesso a pequenos widgets que não ocupam sua tela. É a mesma ideia que no Galaxy Note Edge, porém com duas bordas em vez de uma só.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Você pensaria que segurar o S6 Edge seria um pesadelo, repleto de toques acidentais em ambas as bordas da tela, mas supreendentemente este não é o caso. Na verdade, ele é ligeiramente mais confortável do que o S6 normal, precisamente por causa das bordas curvas.

Com a borda, é possível usar um relógio de baixo consumo de energia, que se acende na lateral para que você possa vê-lo mesmo se o smartphone estiver com a tela para baixo.

A Samsung também adicionou alguns novos truques, como Contatos rápidos (abaixo), para tornar essas bordas curvas mais úteis:

Samsung Galaxy S6 Edge - hands-on

Samsung Galaxy S6 Edge - hands-on (2)

Os contatos que você usa com frequência podem receber uma cor específica. Quando o telefone está deitado na mesa e alguém liga, você pode ver a cor, saber exatamente quem está ligando, e escolher se atende o seu chefe ou não. E se você estiver ocupado bebendo uma cervejinha, pode tocar duas vezes no sensor de frequência cardíaca – próximo à câmera do Edge – e ele enviará uma mensagem de texto pré-determinada que você escolher.

E essas duas bordas criam um visual bem bacana. Eu admito que gostei um pouco mais do S6 normal, mas uma pesquisa rápida entre meus colegas do Gizmodo me coloca na minoria.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Há uma diferença entre vender o futuro e apenas confundir pessoas com truques chamativos. Esta borda dupla se encaixa em qual caso? Vou me arriscar aqui e dizer que futuros smartphones devem adotar esse design.

Não estou dizendo que todo smartphone será parecido com o S6 Edge em 2016 e além. Isto pode continuar a ser uma ideia de nicho da Samsung, mas prova que tem o direito de existir. No Note Edge, a borda curva ainda parecia não estar pronta, e deixava o aparelho estranhamente assimétrico (e ruim para os canhotos). Mas, com as bordas em ambos os lados, esses problemas já não existem mais.

Excetuando-se as bordas, as diferenças entre o S6 e o S6 Edge são bem pequenas. Temos aqui uma bateria de 2.600 mAh ligeiramente maior; ele é alguns gramas mais leve; e estará disponível também na cor verde. As principais especificações estão abaixo; saiba mais sobre o Galaxy S6 aqui.

Tela: 5.1″ Quad HD (2560×1440), 577ppi, Super AMOLED, Dual Edge
Processador: Samsung Exynos de oito núcleos (Quad 2.1GHz + Quad 1.5Ghz)
Sistema operacional: Android 5.0 Lollipop
Câmera: traseira de 16MP com estabilização óptica de imagem, frontal de 5MP
RAM: 3GB, LPDDR4
Memória interna: 32/64/128 GB
Dimensões: 142,1 x 70,1 x 7,0 mm, 132g
Bateria: 2.600 mAh com carregamento sem fio

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA
Fotos e GIFs por Michael Hession

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


Samsung e carteira

Samsung Pay permite fazer pagamentos com o smartphone sem usar NFC


OLYMPUS DIGITAL CAMERA

[Hands-on] Samsung Galaxy S6: tela incrível, traseira de vidro e TouchWiz mais limpo


HTC Grip - hands-on (1)

HTC Grip: uma pulseira volumosa para acompanhar seus exercícios físicos


HTC Vive

HTC Vive: este é o headset de realidade virtual da Valve


É possível recarregar o cérebro humano?

É possível estimular o cérebro humano para melhorá-lo?


viajante futuro

Um breve histórico dos cientistas que tentaram caçar viajantes do tempo


programador

Conselhos de um velho programador antissocial e ranzinza


The Fermi Paradox (1)

O Paradoxo de Fermi: onde é que estão as outras Terras?


Chrome e Firefox

Dane-se o Chrome, eu vou voltar para o Firefox


Pirâmide detonada

A pirâmide mais antiga do Egito está sendo destruída pela empresa contratada para restaurá-la


buraco

Dois novos buracos gigantes são encontrados na Sibéria, e cientistas ainda estão perplexos


tr50tlimvxaydsgqktcq

Rio na China amanhece vermelho misteriosamente

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

First ‘BlazBlue: Battle Cards’ Gameplay Trailer Hits

Last month Metaversal Studios announced BlazBlue: Battle Cards, a competitive card battling game based on the popular BlazBlue fighting game series. In that announcement Metaversal released a teaser trailer, that was pretty darn teaser-y. It didn’t really show anything from the game itself, so we’ve been kind of wondering what the actual game will look like in motion. Well, the cat is now out of the bag as today Metaversal has released the first gameplay trailer for BlazBlue: Battle Cards. Check it out.

BlazBlue: Battle Cards will feature 9 different characters from the 2012 arcade and console fighting game BlazBlue: Chrono Phantasma, with plans for adding additional characters to the game post-launch. One of the coolest features of BlazBlue: Battle Cards is that it’ll have real-time multiplayer, which is usually left out of competitive card games in favor of the more mobile-friendly asynchronous multiplayer.

BlazBlue: Battle Cards is looking really cool, and while no specific release date has been given yet it sounds like it’s pretty darn close. So be sure to follow along in the forums and we’ll bring you any further news on the upcoming game as it hits.

Publicado por: TouchArcade - Continue lendo: http://toucharcade.com/feed/

Tags: