Receba atualizações no seu Facebook. Basta curtir a nossa página abaixo:

 

RemoveWAT Windows 7

Versão atualizada do RemoveWAT

Tags: , , , , , , , ,

Assista agora mesmo ao documentário sobre Aaron Swartz com legendas em português

No início de 2013, Aaron Swartz – criador do RSS 1.0 e um dos fundadores do Reddit – cometeu suicídio. Ele tinha 26 anos. Ele queria tornar públicos os artigos da base acadêmica JSTOR, e por isso poderia ser condenado a até 50 anos de prisão e a US$ 4 milhões em multas.

A morte de Swartz foi o estopim para Brian Knappenberger – que dirigiu um documentário sobre o Anonymous – criar um filme sobre a história do jovem, e sobre “as questões de acesso à informação e de liberdades civis”. E você pode assisti-lo legendado e de graça.

O filme The Internet’s Own Boy: The Story of Aaron Swartz foi legendado de forma não-oficial, por um esforço coletivo, e está disponível acima - clique no botão “Legendas” para ativá-las. Vale lembrar que o filme está disponível em licença Creative Commons.

O documentário foi financiado através do Kickstarter, e superou a meta: Knappenberger pediu US$ 75.000, mas recebeu quase US$ 94.000. O filme estreou em janeiro no festival de cinema em Sundance, e nos cinemas americanos e video on demand em junho.

O Menino da Internet: a História de Aaron Swartz conta como o jovem criou o protocolo RSS, usado em inúmeros sites até hoje; como ajudou a criar o Reddit, uma das maiores comunidades online; e sua luta contra o projeto de lei antipirataria SOPA através da entidade Demand Progress.

E então chegamos à batalha judicial de dois anos que levou Aaron a cometer suicídio. O JSTOR, que oferece artigos acadêmicos mediante assinatura, processou Swartz em 2011 por usar um script na rede da universidade MIT que baixou 5 milhões de artigos. O JSTOR logo desistiu do processo, mas a Procuradoria dos EUA – que representa o governo – trouxe o caso de volta, e queria colocar o jovem na prisão.

Aaron, que sofria de depressão, não aguentou a tortura psicológica. A história dele mostra como as leis de propriedade intelectual podem ir longe demais, e o filme – com 91% no Rotten Tomatoes – mostra seus esforços de ativismo e seu trabalho em geral. Então assista. [YouTube via Link/Estadão]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


terra bombardeada (2)

Cientistas revelam uma visão da Terra de quatro bilhões de anos atrás


samsung store inauguracao

As bizarras inaugurações de lojas da Samsung no Brasil


skyhawk

Cabo se rompe em atração de parque de diversões que levanta pessoas no ar a 100 km/h


hidrofobia 2

Veja os truques inusitados de gotas d’água em superfícies hidrofóbicas


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


buraco

Dois novos buracos gigantes são encontrados na Sibéria, e cientistas ainda estão perplexos


tr50tlimvxaydsgqktcq

Rio na China amanhece vermelho misteriosamente


samsung store inauguracao

As bizarras inaugurações de lojas da Samsung no Brasil


ttdasn9imaxcbwvi1fys

Você já pode comprar um capacitor de fluxo para seu carro

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

Assista agora mesmo ao documentário sobre Aaron Swartz com legendas em português

No início de 2013, Aaron Swartz – criador do RSS 1.0 e um dos fundadores do Reddit – cometeu suicídio. Ele tinha 26 anos. Ele queria tornar públicos os artigos da base acadêmica JSTOR, e por isso poderia ser condenado a até 50 anos de prisão e a US$ 4 milhões em multas.

A morte de Swartz foi o estopim para Brian Knappenberger – que dirigiu um documentário sobre o Anonymous – criar um filme sobre a história do jovem, e sobre “as questões de acesso à informação e de liberdades civis”. E você pode assisti-lo legendado e de graça.

O filme The Internet’s Own Boy: The Story of Aaron Swartz foi legendado de forma não-oficial, por um esforço coletivo, e está disponível acima - clique no botão “Legendas” para ativá-las. Vale lembrar que o filme está disponível em licença Creative Commons.

O documentário foi financiado através do Kickstarter, e superou a meta: Knappenberger pediu US$ 75.000, mas recebeu quase US$ 94.000. O filme estreou em janeiro no festival de cinema em Sundance, e nos cinemas americanos e video on demand em junho.

O Menino da Internet: a História de Aaron Swartz conta como o jovem criou o protocolo RSS, usado em inúmeros sites até hoje; como ajudou a criar o Reddit, uma das maiores comunidades online; e sua luta contra o projeto de lei antipirataria SOPA através da entidade Demand Progress.

E então chegamos à batalha judicial de dois anos que levou Aaron a cometer suicídio. O JSTOR, que oferece artigos acadêmicos mediante assinatura, processou Swartz em 2011 por usar um script na rede da universidade MIT que baixou 5 milhões de artigos. O JSTOR logo desistiu do processo, mas a Procuradoria dos EUA – que representa o governo – trouxe o caso de volta, e queria colocar o jovem na prisão.

Aaron, que sofria de depressão, não aguentou a tortura psicológica. A história dele mostra como as leis de propriedade intelectual podem ir longe demais, e o filme – com 91% no Rotten Tomatoes – mostra seus esforços de ativismo e seu trabalho em geral. Então assista. [YouTube via Link/Estadão]

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


terra bombardeada (2)

Cientistas revelam uma visão da Terra de quatro bilhões de anos atrás


samsung store inauguracao

As bizarras inaugurações de lojas da Samsung no Brasil


skyhawk

Cabo se rompe em atração de parque de diversões que levanta pessoas no ar a 100 km/h


hidrofobia 2

Veja os truques inusitados de gotas d’água em superfícies hidrofóbicas


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


buraco

Dois novos buracos gigantes são encontrados na Sibéria, e cientistas ainda estão perplexos


tr50tlimvxaydsgqktcq

Rio na China amanhece vermelho misteriosamente


samsung store inauguracao

As bizarras inaugurações de lojas da Samsung no Brasil


ttdasn9imaxcbwvi1fys

Você já pode comprar um capacitor de fluxo para seu carro

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,

‘Marvel Pinball’ Goes Free to Celebrate the Arrival of the "Guardians of the Galaxy" Table

During Comic-Con this past weekend, Marvel announced that both Marvel Pinball [Free] and Zen Pinball [Free] would be getting a new Guardians of the Galaxy table to coincide with the movie releasing tomorrow. Earlier today, an update went live which added that new Guardians of the Galaxy table to both games, and to celebrate the Marvel Pinball app is now free for the first time ever. Here’s a video of the new Guardians of the Galaxy table in action.

Like all of the licensed IP tables in Marvel Pinball and Zen Pinball, the Guardians of the Galaxy table will run you $1.99 to download. If you like Zen Studio’s brand of over-the-top, fantasy pinball tables, and you like Guardians of the Galaxy, I’m fairly certain you’ll enjoy this new table as well. Also, if you don’t already own Zen Pinball and you’re only interested in the Marvel tables, then definitely snag Marvel Pinball while it’s free, as the free download comes with The Avengers table installed.

Publicado por: TouchArcade - Continue lendo: http://toucharcade.com/feed/

Tags:

‘Marvel Pinball’ Goes Free to Celebrate the Arrival of the "Guardians of the Galaxy" Table

During Comic-Con this past weekend, Marvel announced that both Marvel Pinball [Free] and Zen Pinball [Free] would be getting a new Guardians of the Galaxy table to coincide with the movie releasing tomorrow. Earlier today, an update went live which added that new Guardians of the Galaxy table to both games, and to celebrate the Marvel Pinball app is now free for the first time ever. Here’s a video of the new Guardians of the Galaxy table in action.

Like all of the licensed IP tables in Marvel Pinball and Zen Pinball, the Guardians of the Galaxy table will run you $1.99 to download. If you like Zen Studio’s brand of over-the-top, fantasy pinball tables, and you like Guardians of the Galaxy, I’m fairly certain you’ll enjoy this new table as well. Also, if you don’t already own Zen Pinball and you’re only interested in the Marvel tables, then definitely snag Marvel Pinball while it’s free, as the free download comes with The Avengers table installed.

Publicado por: TouchArcade - Continue lendo: http://toucharcade.com/feed/

Tags:

Vivo deve pagar R$ 50 mil para indenizar funcionária que se recusou a mentir para clientes

Se você já tentou adquirir um plano pré-pago em loja de operadora, talvez tenha recebido alguma sugestão para levar um plano pós ou controle. Mas algumas lojas vão além e mentem para o cliente, dizendo que o sistema do pré-pago “saiu do ar”. E a Vivo está envolvida em um caso judicial sobre esse assunto.

Uma funcionária da loja da Vivo no shopping Iguatemi, em Porto Alegre, se recusava a mentir que o sistema estava fora do ar quando clientes queriam comprar um plano pré-pago. Por isso, seus colegas a tornaram motivo de chacotas e de ofensas. Isso lhe causou estresse e ansiedade, e ela ficou afastada do trabalho. Um dia após voltar da licença médica, a funcionária foi despedida.

O Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (RS) entendeu, por unanimidade, que isso é assédio moral e ainda viola a liberdade de consciência da funcionária – um direito protegido pela Constituição. Por isso, a Vivo deve pagar R$ 50 mil de indenização, mais os salários correspondentes a 12 meses de emprego, a que ela teria direito por causa da doença ocupacional.

A Vivo já avisou que vai recorrer da decisão.

O caso ganhou força com a reclamação que um cliente enviou à loja da Vivo. Ele queria comprar um celular no pré-pago, mas o atendente disse que o sistema estava fora do ar. No dia seguinte, ele tentou de novo, mas o sistema ainda “não funcionava”.

Vendo isso, a funcionária resolveu atendê-lo e realizou a venda. Então aconteceu algo horrível: na frente do cliente, os colegas e o próprio supervisor da loja começaram a criticar a funcionária. Ela teve que sair mais cedo no dia.

Em sua decisão, o juiz Marcos Fagundes Salomão diz que o depoimento do cliente confirma “a prática de dar menos atenção a clientes que queiram habilitar planos pré-pagos, porque a venda desse tipo de plano não aumenta a remuneração dos vendedores e não é estimulada pela operadora”.

Salomão explica que nenhum trabalhador renuncia aos seus direitos fundamentais – os garantidos pela Constituição – ao firmar um contrato de emprego. Ou seja, por lei, nenhum funcionário é obrigado a praticar uma conduta que seja contrária à sua convicção pessoal – pois isso viola a liberdade de consciência. O caso foi agravado, é claro, pelos constrangimentos que a funcionária sofreu, e que afetaram sua saúde.

A Vivo diz em nota que “cumpre a legislação em vigor, e que irá interpor Recurso de Revista ao Tribunal Superior do Trabalho visando a modificação de tal decisão” – isto é, vai recorrer. [TRT via Conjur via Info]

Foto por Jay Cross/Flickr

  • RELACIONADOS
  • DESTAQUES
  • POPULARES


fixo

Anatel obriga Vivo a reduzir assinaturas de linha fixa em 21% no estado de São Paulo


barrayoutube

Nos EUA, YouTube agora culpa operadoras por lentidão ao carregar vídeos


celular Danilo Urbina

Ligações para celular de outra operadora vão ficar mais baratas


Apple perde na Justiça

Apple, Google e outras pagam US$ 300 milhões por evitarem contratar funcionários da concorrência


egypt

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as pirâmides


gelo brilhante (4)

Como dois russos iluminaram um lago congelado em nome da fotografia


piramide fim mundo (1)

A pirâmide no meio do nada construída para evitar o fim do mundo


Vista da represa de Piracaia, no bairro do Pinhal: onde está a água?

Copa em São Paulo? Vai ter. Água a gente não sabe. Entenda o problema do sistema Cantareira


buraco

Dois novos buracos gigantes são encontrados na Sibéria, e cientistas ainda estão perplexos


tr50tlimvxaydsgqktcq

Rio na China amanhece vermelho misteriosamente


samsung store inauguracao

As bizarras inaugurações de lojas da Samsung no Brasil


ttdasn9imaxcbwvi1fys

Você já pode comprar um capacitor de fluxo para seu carro

Publicado por: Gizmodo - Continue lendo: izmoizmododohttp://feeds.feedburner.com/gizmodobr

Tags: , ,